Se tornou o primeiro álbum de heavy metal a chegar ao topo da parada de álbuns da Billboard

0
Powered by Rock Convert

Frankie Banali, do Quiet Riot, grande sucesso do heavy metal dos anos 1980

 

Frankie Banali (14 de novembro de 1951 – 20 de agosto de 2020), baterista notável pelo trabalho com bandas como do grupo americano Quiet Riot e W.A.S.P., entre outros.

Nascido em Queens, em Nova York, Frankie Banali começou a trabalhar em 1979 com o cantor Kevin DuBrow, cuja banda, o Quiet Riot, tinha se separou logo depois que o guitarrista Randy Rhoads e o baixista Rudy Sarzo saíram para tocar com Ozzy Osbourne.

Inicialmente com o nome de DuBrow, a banda retomou o nome Quiet Riot após contratar o baixista Chuck Wright e o guitarrista Carlos Cavazo em 1982. Sarzo retornou após deixar o grupo de Osbourne após a morte de Rhoads num acidente aéreo.

oexploradorPowered by Rock Convert

O quarteto assinou um contrato com a Pasha Records, um selo independente distribuído pela Columbia, e lançou o álbum “Metal health” no início de 1983. Com a força de um cover de “Cum on feel the noize” (sucesso do grupo inglês Slade) e da faixa-título, o disco se tornou o primeiro álbum de heavy metal a chegar ao topo da parada de álbuns da Billboard e acabou vendendo mais de 6 milhões de cópias.

Em 1984, o grupo lançou “Condition critical”, álbum que não fez tanto sucesso, mas os trouxe ao Brasil no ano seguinte para shows em São Paulo (Ginásio do Corinthians) e Rio de Janeiro (Maracanãzinho).

O Quiet Riot se separou em 1989 e Frank Banali foi tocar com bandas como o W.A.S.P. e o Faster Pussycat. A banda voltaria duas vezes até a morte do cantor Kevin Dubrow em 2007, de overdose de cocaína. Algum tempo depois, o baterista ressuscitaria o grupo, que seguiu lançado discos – o último foi “Hollywood Cowboys”, de 2019.

Frankie Banali faleceu aos 68 anos. Em abril de 2019, ele foi diagnosticado com câncer pancreático em estágio quatro – informação que ele compartilhou publicamente só em outubro, quando teve que deixar o grupo para se tratar. Uma página do GoFundMe foi criada para ajudar Banali em sua batalha contra o câncer, arrecadando mais de US $ 47.000.
(Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Musica – NOTÍCIAS / MÚSICA / HEAVY METAL / Do G1, com informações de agências / Do G1, em São Paulo – 29/11/07)

(Fonte: https://cultura.estadao.com.br/blogs/felipe-machado – CULTURA / Por Felipe Machado – 26 de nov. de 2007)

(Fonte: https://br.noticias.yahoo.com – NOTÍCIAS / Por O Globo – 21 de agosto de 2020)
Powered by Rock Convert
Share.