Luiz Otávio Campos da Silva, considerado um dos maiores expoentes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), foi um dos idealizadores do programa Embrapa-Geneplus, especializado em melhoramento genético animal

0
Powered by Rock Convert

Zootecnista e pesquisador da Embrapa Luiz Otávio Campos da Silva

Considerado um dos maiores expoentes da Embrapa, Silva foi um dos idealizadores do programa Embrapa-Geneplus, especializado em melhoramento genético animal

 

Mestre em Zootecnia e Doutor em Genética e Melhoramento, Luiz Otávio Campos da Silva trabalhou em importantes entidades de pesquisa pecuária no país

 

Luiz Otávio Campos da Silva, pesquisador e melhorista em gado de corte, zootecnista e pesquisador da Embrapa Gado de Corte (Campo Grande/MS), parceiro e entusiasta da raça Senepol, tendo atuado por vários anos na coordenação do Programa de Melhoramento Genético do Senepol (PMGS) pela gerência do Geneplus/EMBRAPA, inclusive recebendo por sua contribuição o reconhecimento oficial da entidade no Prêmio Pesquisa Científica & Inovação.

 

O pesquisador iniciou sua vida profissional como diretor da Fazenda Modelo de Guaratiba (RJ), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do estado do Rio de Janeiro.

 

Mestre em Zootecnia e Doutor em Genética e Melhoramento, Luiz Otávio Campos da Silva trabalhou em importantes entidades de pesquisa pecuária no país, como na Embrapa Gado de Corte, EPAMIG e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), além de ter colaborado como diretor estadual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, diretor técnico na Associação dos Criadores de Nelore do Brasil e na Sociedade Brasileira de Melhoramento Animal.

 

Considerado um dos maiores expoentes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), ele foi um dos idealizadores do programa Embrapa-Geneplus, especializado em melhoramento genético animal.

 

O pesquisador era graduado em Zootecnia, possuía Mestrado em Melhoramento de Gado de Corte, além de Doutorado em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal de Viçosa. Esteve em treinamento nas Universidades de Guelph/CA e Nebraska/USA em 1996 e na Universidade da Georgia para seu pós-doutorado. Foi professor universitário no Ceará e em janeiro de 1982 ingressou na Embrapa tendo contribuído até hoje com dedicação e talento para o melhoramento animal do gado de corte do Brasil.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Silva era zootecnista, formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – seu doutorado foi em Genética e Melhoramento Animal. Em 2015, esteve entre os “10 Heróis da Revolução Verde no Brasil”, concedido pelo Fórum da Inovação, Agricultura e Alimentos, iniciativa que reúne instituições como a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU).

O pesquisador carioca começou sua vida profissional na Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro, como diretor da Fazenda Modelo de Guaratiba (RJ). Ele chegou em 1982 à Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS).

Luiz Otávio ingressou na Embrapa em 1982 e foi um dos idealizadores e fundadores do Programa Embrapa/Geneplus, que completou 25 anos em 2021. O Dr. LOCS, como era conhecido, participou em trabalhos de avaliação genética de rebanhos de diversas raças de corte, como Nelore, Caracu e Senepol.

 

Campos da Silva contribuiu para a expansão do convênio ABCZ-Embrapa, o que proporcionou o pioneirismo da Embrapa e da ABCZ na publicação dos Sumários de Touros. Outro trabalho de destaque foi o Programa de Avaliação de Touros Jovens, implantado em parceria com a ABCZ em 1992. Ele sempre destacava, a cada nova vitória, que “quem ganha é a Embrapa e eu tenho consciência disso e orgulho de pertencer a esse grupo”.

 

Campos da Silva faleceu em 15 de julho de 2021, aos 70 anos.

“Uma perda dolorida, irreparável. Um legado extraordinário para a Embrapa e para a pecuária brasileira”, disse em nota Antonio do Nascimento Rosa, chefe-geral da Embrapa Gado de Corte.

Em publicação no Instagram, o Programa Embrapa-Geneplus lamentou a perda: “Além de ter estado à frente do Programa por mais de duas décadas, ele teve efetiva participação em várias ações pioneiras da Embrapa que transformaram positivamente o melhoramento genético de gado de corte no Brasil. A grande paixão pela sua profissão é um legado a todos”.

Outro colega do setor, Paulo Nobre, gestor e coordenador administrativo do Geneplus Consultoria Agropecuária, destacou que “Luiz Otávio teve participação decisiva na origem, desenvolvimento e na forma de assessoria proposta pelo Programa Embrapa-Geneplus. Sua persistência e conhecimento sem dúvida nenhuma estará sempre na lembrança dos técnicos e criadores que dão vida ao Programa”.

A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) lamentou o falecimento do zootecnista. “Luiz Otávio contribuiu de forma ininterrupta durante mais de 30 anos para a evolução do PMGZ, desde a concepção do programa. Introduziu novas ideias e estava sempre buscando novos desafios. É uma perda para a Zebuinocultura e, particularmente, perdi um grande e generoso amigo”, comenta Luiz Antônio Josahkian, superintendente técnico da ABCZ.

“Como responsável pelo rebanho nelore PO do centro, o dr. Luiz Otávio proporcionou à Embrapa diversos prêmios e realizações, dentre os quais: melhor carcaça resfriada em 1999 (ACNB), Prêmios Matriz Modelo ABCZ- Expogenética em 2014 e 2018, dois touros selecionados para o Programa ATJ em 2019 e 2021, sete touros em centrais de inseminação artificial e 270 embriões de matrizes top 1%”, relembra Antonio do Nascimento Rosa, chefe-geral da Embrapa Gado de Corte e companheiro de Luiz no Programa de Melhoramento da instituição. “Uma perda dolorida, irreparável. Um legado extraordinário para a Embrapa e para a pecuária brasileira”, resume.

“Perco meu melhor amigo, de 25 anos de estrada. Homem cheio de valor que amava a Embrapa e honrava sua posição de pesquisador, empregado, orientador, parceiro e colega. Tive a dádiva de conviver e aprender com ele e me inspirar em suas atitudes. Grande pai de família, amigo fiel e um ser humano inédito no mundo”, diz o chefe-geral da unidade.

(Fonte: https://www.terra.com.br/economia – ECONOMIA / por Estadão Conteúdo – 17 jul 2021)

(Fonte: https://www.canalrural.com.br/noticias/pecuaria – NOTÍCIAS DA AGROPECUÁRIA / NOTÍCIAS / PECUÁRIA / Por Canal Rural – 16 de julho de 2021)

(Fonte: https://www.acritica.net/editorias/agropecuaria – AGROPECUÁRIA / Da Redação – 16 julho 2021)

© Copyright 2021 A Crítica. Todos os Direitos Reservados

Powered by Rock Convert
Share.