Liliane Bettencourt, herdeira da gigante de cosméticos L’Oréal, a ‘mulher mais rica do mundo’

0
Powered by Rock Convert

Liliane Bettencourt, milionária francesa, herdeira da L’Oréal, a ‘mulher mais rica do mundo’

 

Liliane Bettencourt, a mulher mais rica do mundo e herdeira da L’Oréal (Foto: NY Daily News / Reprodução)

 

 

A empresária foi apontada pela Forbes como mulher mais rica do mundo, com patrimônio de US$ 39,5 bilhões.

Liliane Henriette Charlotte Bettencourt (Paris, 21 de outubro de 1922 – Paris, 21 de setembro de 2017), empresária francesa, herdeira do grupo L’Oréal, gigante de cosméticos.

Nascida a 21 de outubro de 1922 em Paris, Liliane Schueller ficou órfã de mãe muito cedo. O pai, Eugène Schueller, era um empreendedor que estudara química antes de fundar a L’Auréale, que mais tarde viria a tornar-se a L’Oréal. Schueller colocou no mercado as primeiras tintas para cabelos na época em que Coco Chanel ou Louise Brooks (1906-1985) decidiram cortar e mudar a cor do cabelo.

Considerada a mulher mais rica do mundo, segundo a revista americana Forbes, a empresária herdou o grupo de cosméticos em 1957, quando o pai faleceu. Ela era a principal acionista do conglomerado, com 32,99% das ações.

 

Liliane Bettencourt, herdeira do grupo L’Oréal e mulher mais rica do mundo, segundo a revista americana Forbes – (AFP/Arquivos)

 

Liliane Bettencourt herdou a empresa em 1957 quando o pai morreu. Eugene Schueller fundou a L’Oréal, inicialmente chamava-se L’Auréale, em Paris, em 1907. Se o pai foi um pequeno fabricante de tintas para o cabelo – a empresa começou a ganhar fama quando mulheres como Coco Chanel decidiram pintar o cabelo –, com a filha a L’Oréal tornou-se numa das maiores do mundo – com produtos que vão da coloração do cabelo à maquilhagem, passando pelos cuidados da pele e proteção solar. E com marcas que vão das mais acessíveis e à venda no supermercado como a Garnier ou a Maybelline às mais caras como a Lancôme. A L’Oréal está em 140 países.

oexploradorPowered by Rock Convert

Atualmente, a viúva do ex-ministro conservador Andre Bettencourt, era detentora de um terço da L’Oréal e os últimos anos da sua vida, desde que o marido morreu em 2007, foram passados em guerras judiciais com a sua única filha, Françoise Bettencourt-Meyers (na foto com a mãe, em 2016). Desde que Liliane Bettencourt abandonou a direção da multinacional, em 2012, que raramente era vista em público, em parte por sofrer de demência.

 

Françoise Bettencourt-Meyers (na foto com a mãe, em 2016)

 

Em 2017, Liliane Bettencourt foi declarada, pelo segundo ano consecutivo, a mulher mais rica do mundo. Ela era dona de uma fortuna estimada em US$ 39,5 bilhões (cerca de 33 mil milhões de euros), originária da herança e da marca de cosméticos. Em um ano, ela acresceu o patrimônio em US$ 3,4 bilhões.

Junto a seu filho, Liliane era dona de um terço da L’Oréal. O pai dela, Eugene Schueller (1881-1957), fundou a companhia em 1907, cinquenta anos antes de morrer e repassar a marca à filha.

Segundo a revista Forbes, a herdeira da L’Oréal era a mulher mais rica do mundo com uma fortuna na casa dos 37 mil milhões de euros. Na lista dos mais ricos, Liliane Bettencourt ficava em 14.ª posição.

Liliane Bettencourt morreu em 21 de setembro de 2017, aos 94 anos.

“Liliane Bettencourt faleceu em sua residência. Ela faria 95 anos em 21 de outubro. Minha mãe partiu tranquilamente”, escreveu sua filha, Françoise Bettencourt Meyers, em um comunicado. “Neste momento doloroso para nós, gostaria de reiterar, em nome da nossa família, o nosso compromisso e lealdade para com a L’Oréal e renovar a minha confiança no seu presidente Jean-Paul Agon e nas suas equipas em todo o mundo”.

(Fonte: https://oglobo.globo.com/economia – ECONOMIA/ POR O GLOBO – 21/09/2017)

(Fonte: http://lifestyle.publico.pt/noticias – Life&Style – 21/09/2017)

(Fonte: https://g1.globo.com/economia/negocios/noticia – ECONOMIA – NEGÓCIOS/ Por Reuters – 21/09/2017)

Powered by Rock Convert
Share.