Desenvolveu um aparato de comunicação creditado como sendo o primeiro telefone

0
Powered by Rock Convert

Antonio Meucci, o inventor do telefone, desenvolveu um aparato de comunicação creditado como sendo o primeiro telefone.

Antonio Meucci não tinha dinheiro para pagar pela manutenção da patente do telefone, que foi concedida a Graham Bell em 1876

O italiano Antonio Meucci, nascido em 13 de abril de 1808 em Florença na Itália, desenvolveu no século 19 um aparato de comunicação por voz creditado por muitos como sendo o primeiro telefone. No entanto, a invenção desse aparelho é geralmente atribuída a Graham Bell. A controvérsia ainda hoje gera polêmicas – alimentada por uma disputa de patentes que acabou levando o nome do cientista americano ao maior destaque na história.

Antonio Santi Giuseppe Meucci criou uma forma de comunicação por voz que conectava seu quarto, no segundo andar de uma casa em Nova York (para onde imigrou em 1850), ao laboratório em que trabalhava. Ele registrou uma patente da invenção em 1871, porém o documento não mencionava a transmissão eletromagnética de sons vocais. Cinco anos depois, Alexander Graham Bell recebeu a patente por seu sistema transmissão de voz pela corrente elétrica.

A patente de Bell foi muito contestada. Meucci sofria de problemas de saúde e falta de dinheiro. Em 1870, o italiano teria sido capaz de capturar uma transmissão articulada da voz humana à distância de aproximadamente 1,5 quilômetro utilizando um pedaço de cobre isolado com algodão como transmissor. Ele chamou o dispositivo de telettrofono. Enquanto convalescia, a saúde e a fortuna de Meucci eram tão precárias que sua mulher, Ester, vendeu seus desenhos e dispositivos para conseguir dinheiro. Ele recebeu uma valor ínfimo pelas invenções.

Meucci adoeceu em março de 1889 e faleceu no dia 18 de outubro em Clifton, Nova Iorque, cinco anos após a morte de sua esposa Esterre, fragilizada e invalidada por aproximadamente seis anos antes de morte.

Em 2002, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou uma resolução através da qual restitui mérito a Antonio Meucci pela invenção do telefone. “A vida e as realizações de Antonio Meucci devem ser reconhecidas, e seu trabalho na invenção do telefone deve ser reconhecido”. O documento destacou ainda que “se Meucci tivesse sido capaz de pagar a taxa de US$ 10 para manter a patente após 1874, nenhuma patente poderia ter sido dada a Bell”.
(Fonte: http://tecnologia.terra.com.br – Antonio Meucci, o inventor do telefone – NOTÍCIAS – TECNOLOGIA – 13 de Abril de 2013)

Antonio Meucci – O verdadeiro Inventor do telefone

Nascido em 13 de abril de 1808 em Florença na Itália, Antonio Santi Giuseppe Meucci, foi um conhecido inventor italiano, criador de vários objetos, sendo o mais famoso deles o “telefone”, na qual foi reconhecido em 11 de julho de 2002, através da resolução Nº. 269 como o verdadeiro inventor pelo Congresso dos Estados Unidos.O inventor vendeu a patente do aparelho conhecido como telettrofono para o americano Alexander Graham Bell (1847-1922) fundador da companhia telefônica Bell e historicamente considerado o inventor do telefone.

Meucci estudou química e engenharia mecânica na Accademia di Belle Arti de Florença.Se ausentou dos estudos por um tempo por insuficiencia de fundos, mas logo retornou após ter conseguido emprego como balconista assistente e funcionário da alfândega para o governo florentino, mas tarde se tornou técnico de palco no Teatro Della Pergola, onde conheceu a figurinista Esterre Mochi, empregada do mesmo teatro.Meucci e Esterre se casaram em 7 de agosto de 1834.

Acusado de estar envolvido em uma conspiração envolvendo o movimento italiano de unificação de 1833-1934, Meucci foi preso por três meses no Forte Stella em Portoferraio ao lado do escritor e político Francesco Domenico Gerrazzi.
Em outubro de 1935 partiu de Florença na Italia para Cuba(até então uma província espanhola), onde havia aceitado uma proposta de emprego feita por um gerente de teatro espanhol, Don Francisco Torrens y Martí, e ingressou no tão conhecido Teatro Tacón em Havana (na época, o maior teatro das Américas).

Em Havana, Meucci construiu um sistema de purificação de água e reconstruiu o Gran Teatro, que já foi quase destruído por um furacão.
Em 1849 Meucci desenvolveu um método popular de uso de choques elétricos para tratar de pacientes com reumatismo, o inventor fez um experimento desenvolvido através de um dispositivo que podia ouvir voz humana desarticulada.Ele nomeou o dispositivo de “Telegrafo falante”

Em 1850 fez amizade com o general italiano Giuseppe Garibaldi, o que fez dele um cidadão suspeito em Cuba, no mesmo ano Meucci e a esposa imigraram para Nova Iorque nos Estados Unidos.La com ajuda do General Garibaldi construiu uma fabrica de velas de Sebo na qual os empregados eram refugiados italianos.

Por muitos anos Meucci estudou(supostamente) os princípios de transmissão de voz eletromagnética por muitos anos. Em 1856 ele instalou um dispositivo em sua casa denominado telettrofono com a finalidade de se comunicar com sua esposa que sofria de reumatismo.Em uma nota supostamente escrita em 1857, Meucci descreve o principio básico de transmissão eletromagnética, em outras palavras, o telefone:

[Tradução]: “Trata-se de uma membrana vibratória e um ímã de um fio eletrificado que envolve uma espiral, quando o diafragma vibra altera a corrente magnetica. Essas alterações da corrente são transmitidos para a outra extremidade do fio.., criando vibrações análogas aos do diafragma, desta forma o aparelho reproduz as palavras.”

Em 1958, o pintor Nestore Corrandi fez um esboço com as ideias descritas por Meucci(este desenho foi usado como imagem em um selo produzido em 2003 pela Sociedade de Correios e Telégrafos italianos).

Sem condições de manter sua empresa de pé, a fabrica de velas faliu fazendo com que Meucci fosse obrigado a procurar fundos com amigos e ricas famílias italianas , porem seus esforços foram em vão.

oexploradorPowered by Rock Convert

Em 1871 Meucci consegui a patente temporária(advertência) do telettrofono, na qual teria que ser renovada anualmente, a um preço de US $ 10 ( e poderia renovar apenas até 1873).

Com a intenção de obter uma patente padrão, Meucci levou sua invenção a uma empresa de telégrafos de Nova Iorque, mas mão teve êxito. Acredita-se que Alexander Graham Bell teria visto os desenhos de Meucci desde 7 de março de 1976 e registrou com uma patente padrão.Meucci até tentou processar Bell, mais pela dificuldades financeiras e econômicas da época acabou perdendo o caso.

Meucci adoeceu em março de 1889 e faleceu no dia 18 de outubro em Clifton, Nova Iorque, cinco anos após a morte de sua esposa Esterre, fragilizada e invalidada por aproximadamente seis anos antes de morte.

Por mais de um século , Alexander Graham Bell foi considerado o inventor do telefone, porém, graças ao trabalho de investigação de Basílio Catania, implementado pela Federação Italiana de Engenharia Elétrica, e questionada a nível internacional, foi em 11 de junho de 2002 no Congresso dos Estado Unidos com a resolução 269, que reconheceu Antonio Meucci teve dinheiro para pagar a ressalva de 1874, Alexander Graham Bell não poderia ter comprado a patente da invenção de Meucci.

Trecho da Resolução :

Na Câmara dos Representantes, dos EUA,
11 de junho de 2002.

Considerando que Antonio Meucci, o grande inventor italiano, que era tanto teve uma carreira extraordinária e trágica;

Considerando que, após imigrar para Nova York, Meucci continuou a trabalhar com vigor incessante em um projeto que começou em Havana, Cuba, uma invenção que mais tarde chamado de telettrofono, envolvendo comunicações electrónicas;

Considerando que Meucci criar um elo de comunicação rudimentar em sua casa de Staten Island que ligava o porão com o primeiro andar, e depois, quando sua mulher começou a sofrer de artrite incapacitante, ele criou um vínculo permanente entre seu laboratório e um quarto de sua mulher no segundo andar;

Considerando que, tendo esgotado parte de sua vida de poupança em prosseguir a sua obra, Meucci foi incapaz de a comercialização da sua invenção, embora ele demonstrou sua invenção em 1860 e tinha uma descrição de sua publicação no jornal New York língua italiana;

Considerando que nunca Meucci soube Ingles bem o suficiente para navegar pela comunidade empresarial complexo americano;

Considerando que Meucci era incapaz de levantar fundos suficientes para pagar a trabalhar seu caminho através do processo de pedido de patente, e assim tiveram de se contentar com uma advertência, um aviso de um ano renovável iminente de uma patente, que foi arquivado em 28 de dezembro de 1871;

Considerando que Meucci soube depois que o Western laboratório afiliado União teria perdido seus modelos de trabalho, e Meucci, que neste momento estava morando na assistência pública, foi incapaz de renovar a advertência após 1874;

Considerando que, em março de 1876, Alexander Graham Bell, que realizou experimentos em laboratório onde o exame de materiais Meucci é armazenado de ter, foi concedida uma patente e, posteriormente, foi creditado com a invenção do telefone;

Considerando que, em 13 de janeiro de 1887, o Governo dos Estados Unidos Mudou-se para anular a patente emitida a Bell sobre os motivos de fraude e falsidade ideológica, que, caso o Supremo Tribunal considerou viável e detido para julgamento;

Considerando que Meucci morreu em outubro de 1889, a patente de Bell terminou em Janeiro de 1893, e interrompido o caso discutível, sem nunca chegava a questão subjacente de o verdadeiro inventor do telefone, com direito à patente, e
Considerando que se Meucci tinha sido capaz de pagar a taxa de 10 dólares para manter a advertência após 1874, nenhuma patente emitida Bell Could Have Been
Agora, portanto, ser Ele
Resolveu-se, que é o sentido da Câmara dos Deputados que a vida e as realizações de Antonio Meucci deve ser reconhecida, e seu trabalho na invenção do telefone deve ser reconhecido.

(Fonte: http://www.cienciablogada.com.br/2011/03 – Antonio Meucci – O verdadeiro Inventor do telefone)

Powered by Rock Convert
Share.