Tornou-se no primeiro jogador da história a conquistar o pentacampeonato do torneio do ATP 500 de Queen’s Club

0
Powered by Rock Convert

Tornou-se no primeiro jogador da história a conquistar o pentacampeonato do torneio do ATP 500 de Queen’s Club

 

Tenista Andy Murray comemora, após vencer final do campeonato, em Londres (Tony O'Brien/Reuters)

Tenista Andy Murray comemora, após vencer final do campeonato, em Londres (Tony O’Brien/Reuters)

O britânico Andy Murray garantiu a festa da torcida da casa na final do ATP 500 de Queen’s Club, em Londres. O tenista local sofreu, mas se tornou o primeiro jogador da história a conquistar o pentacampeonato do torneio, derrotando na final o canadense Milos Raonic por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/4 e 6/3.

Vice-líder do ranking mundial, Murray é agora o tenista com mais títulos na história do tradicional torneio. Andy Roddick, Lleyton Hewitt, Boris Becker, John McEnroe e Roy Emerson são os outros tenistas a conquistar o evento quatro vezes na Era Aberta do tênis. No início do século XX, Major J.G. Richie e Anthony Wilding também levantaram quatro troféus no Queen’s Club.

Em uma quadra lotada gritando seu nome, o britânico Andy Murray conquistou neste domingo o pentacampeonato do ATP 500 de Queen’s ao vencer o canadense Milos Raonic por 2 sets a 1 de virada, com parciais de 6-7 (5), 6-4 e 6-3, em 2h e 13 min de partida.

O número 2 do mundo estava empatado com grandes nomes da história do tênis como MJG Ritchie, Anthony Wilding, Roy Emerson, John McEnroe, Boris Becker, Lleyton Hewitt e Andy Roddick e se tornou o único a levantar o troféu no prestigiado Queen’s Club, em Londres, pela quinta vez.

Powered by Rock Convert

A igualdade predominou no primeiro set, no qual os dois atletas mantiveram o saque até o tie-break. No desempate, Murray esteve atrás em 5 a 2, buscou o empate em 5 a 5, foi perdeu os dois pontos seguintes e foi derrotado em 7 a 5.

Raonic começou a segunda parcial mais ligado e se aproximou do título ao abrir 3-0, mas o tenista da casa se aproveitou do empurrão vindo das arquibancadas e rapidamente virou o placar para 4-3, para depois fechar em 6-4 e igualar a final.

O equilíbrio visto até então terminou. Com duas quebras de saque vantagem, o britânico levou a melhor no terceiro set por 6-3, confirmou a virada e conquistou o quinto troféu.

(Foto: http://veja.abril.com.br/noticia/esporte – ESPORTE – 19/06/2016)

(Agência EFE)

(Foto: http://esportes.terra.com.br/tenis/atp  – ESPORTES – ATP – TÊNIS /Por Andre Sousa Sender – 19 JUN 2016)

Gazeta Esportiva
Powered by Rock Convert
Share.