“Só fiz a festa em Portugal porque não pude fazer em casa. Quando fiz 50 anos, convidei todos os amigos, gente do Executivo, do Legislativo, do Judiciário. Tinha vários senadores, governadores, ministros de tribunais, ex-presidente. Hoje não dá para fazer isso.” ANTÔNIO CARLOS DE ALMEIDA CASTRO, o Kakay, advogado-celebridade, explicando, no jornal Folha de S.Paulo, por que comemorou seu sexagésimo aniversário em Lisboa. Duzentas e vinte pessoas estiveram lá, incluindo dezoito criminalistas, como ele.

0
Powered by Rock Convert

Só fiz a festa em Portugal porque não pude fazer em casa. Quando fiz 50 anos, convidei todos os amigos, gente do Executivo, do Legislativo, do Judiciário. Tinha vários senadores, governadores, ministros de tribunais, ex-presidente. Hoje não dá para fazer isso.

ANTÔNIO CARLOS DE ALMEIDA CASTRO, o Kakay, advogado-celebridade, explicando, no jornal Folha de S.Paulo, por que comemorou seu sexagésimo aniversário em Lisboa. Duzentas e vinte pessoas estiveram lá, incluindo dezoito criminalistas, como ele.

(Fonte: Veja, 4 de outubro de 2017 – ANO 50 – Nº 40 – Edição 2550 – Veja Essa – Editado por Rinaldo Gama – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 40/41)

Share.