Primeiro negro da história das seleções

0

Primeiro negro da história das seleções era filho de escrava e foi “corinthiano”

 

Andrew Watson (Demerara, Guiana, 24 de maio de 1856 – Londres, 8 de março de 1921), ex-zagueiro e lateral esquerdo, foi responsável pela façanha em ser o primeiro jogador de pele escura a defender uma seleção adulta, o primeiro negro a vencer um torneio oficial.

 

Nascido em 1856, no território da atual Guiana, na época uma das inúmeras colônias do Império Britânico, o ex-defensor era filho de um barão da cana de açúcar com uma ex-escrava que havia trabalhado nas propriedades da família.

 

Watson se mudou para a Europa ainda na infância e estudou em escolas de endinheirados. Aos 19 anos, já estudante de engenharia na Universidade de Glasgow, passou a se dedicar ao futebol.

 

Dentro de campo, tornou-se o primeiro negro a conquistar um campeonato oficial de futebol (Copa da Escócia, em 1881, pelo Queen’s Park) e a disputar a tradicional Copa da Inglaterra.

 

Ainda em 1881, fez história ao defender a Escócia na goleada por 6 a 1 sobre a Inglaterra. Escolhido como capitão da equipe, foi o primeiro jogador de pele negra a disputar uma partida entre duas seleções.

 

Mas Watson, que também participava de competições de salto em altura, teve vida curta com a camisa escocesa. Um ano após sua estreia e com apenas três jogos pelo time nacional, o ex-zagueiro se mudou para a Inglaterra e parou de ser convocado.

 

No novo país, o ex-zagueiro preferiu não aderir ao movimento de profissionalização que começava a tomar conta do futebol inglês. Até onde se sabe, ele continuou amador e até defendeu o Corinthian, clube que se tornou símbolo da resistência à era moderna da modalidade e que inspirou a criação do time quase homônimo no Brasil.

 

Watson, que sempre trabalhou como engenheiro e projetava navios para ganhar a vida, jogou até 1892.

 

A Escócia, país que ele defendeu ao longo da carreira nos gramados, só voltou a ter um negro em sua seleção principal depois de mais de um século –em 2004, o ex-meia Nigel Quashie estreou pelo time.

 

 

Andrew Watson morreu de pneumonia, aos 64 anos, no começo da década de 1920.

 

(Fonte: https://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2018/11/20 – 1º negro da história das seleções era filho de escrava / Por Rafael Reis – 20/11/2018)

Share.