John Morris, reconhecido editor americano que publicou algumas das fotos mais icônicas do século 20

0

Editor de célebres fotos do século 20

 

 

Nesta foto de arquivo datada de 2 de maio de 2014, John Morris, lendário Life Magazine e editor de fotos do New York Times, fala durante uma entrevista com a Associated Press em Paris, França. O renomado editor de imagens, cujo julgamento ilustrado influenciou a compreensão pública de histórias seminais por décadas, incluindo a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã. (Foto: Christophe Ena / Associated Press – 24.mai.2014)

 

 

John Morris (Nova Jersey, em 7 de dezembro de 1916 – Paris, em 20 de julho de 2017), reconhecido editor americano que publicou algumas das fotos mais icônicas do século 20.

 

 

O reconhecido editor americano John Morris, que publicou algumas das fotos mais icônicas do século XX, que ao longo de sua carreira extraordinária, que envolveu alguns dos eventos mais turbulentos do século passado, Morris trabalhou para publicações como Life, Magnum, The Washington Post, The New York Times e National Geographic.

 

 

Morris editou e revisou as históricas fotos de Robert Capa no Dia D, quando os aliados desembarcaram na Normandia em 1944, que eram parte das imagens que encomendou da frente de batalha na Segunda Guerra Mundial para a revista Life.

 

 

Como editor executivo da Magnum, enviou fotógrafos para todo o mundo, na cobertura dos principais acontecimentos globais.

 

 

Foi editor de fotografia do The New York Times entre 1967 e 1973, nos anos mais agitados da Guerra do Vietnã.

 

 

No New York Times, Morris publicou na primeira página uma foto do chefe da polícia de Saigon (agora Ho Chi Mingh) atirando na cabeça de um rebelde Vietcong dominado, em uma das mais emblemáticas imagens do conflito.

 

 

Ao longo de sua carreira, que envolveu alguns dos eventos mais turbulentos do século passado, Morris trabalhou para publicações como a revista “Life” e os jornais “The Washington Post” e “The New York Times”.

 

 

Morris editou e revisou as históricas fotos de Robert Capa do Dia D, quando os aliados desembarcaram na Normandia em 6 de junho de 1944, que eram parte das imagens que encomendou da frente de batalha na Segunda Guerra Mundial para a “Life”.

 

 

Como editor executivo da Magnum, enviou fotógrafos para todo o mundo, na cobertura dos principais acontecimentos globais.

 

 

Foi editor de fotografia do “The New York Times” entre 1967 e 1973, nos anos mais agitados da Guerra do Vietnã.

 

 

No “New York Times”, Morris publicou duas fotos da agência Associated Press (AP) sobre a Guerra no Vietnã que acabaram vencendo o Prêmio Pulitzer.

 

 

A de Eddie Adams de um chefe da polícia de Saigon atirando na cabeça de um rebelde Vietcong dominado, em 1968 e a de Nick Ut Cong Huynh, de crianças correndo numa estrada após um ataque aéreo de napalm, em 1972.

 

Kim Phuc (centro), juntamente com outras crianças, fogem de ataque aéreo com Napalm. (Foto: Nick Ut / Associated Press – 8.jun.1972)

 

Morris nasceu no Estado de Nova Jersey, em 7 de dezembro de 1916.

John Morris faleceu em um hospital próximo de sua residência em Paris, em 20 de julho de 2017, aos 100 anos.

(Fonte: https://www.valor.com.br/cultura – CULTURA / Por Folhapress – 29/07/2017)

(Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/07 – MUNDO / DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – 29/07/2017)

(Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2017/07/29 – INTERNACIONAL / Por AFP – 29/07/2017)

Share.