Jean Seberg, atriz americana que consagrou-se por sua atuação no filme Acossado

0
Powered by Rock Convert

 

 

 

Jean Seberg (Marshalltown, Iowa, 13 de novembro de 1938 – Paris, 8 de setembro de 1979), atriz americana, nascida em Marshalltown, Iowa, a 13 de novembro de 1938 e radicada na França; Ela chegou a Paris, vinda dos Estados Unidos em 1957 e participou de uma seleção para escolher a atriz que faria o papel principal de “Joana D’Arc” de Otto Preminger.

Foi a escolhida entre mais de oito mil candidatas e a partir daí sua carreira deslanchou. Consagrou-se por sua atuação no filme “Acossado”, de Jean-Luc Godard, em 1969; seus principais filmes foram “Bom Dia Tristeza”, “Acossado”, “Lilith”, “Aeroporto” e ” O Rato que Ruge”.

oexploradorPowered by Rock Convert

Militante do movimento pró-igualdade racial nos Estados Unidos, ficou grávida de seu segundo marido, o argelino Ahmed Hasni, mas correu boato de que o pai era um Pantera Negra – boato, segundo o primeiro marido, Romain Gary, espalhado pelo FMI americano; a criança nasceu morta; internada por esquizofrenia, escreveu dois livros sobre o assunto; a de agosto, tentou jogar-se sob um trem do metrô parisiense; a 30 de agosto ficou ainda mais deprimida, ao ver o filme de Gary, “Clair de Lune”, reconhecendo-se numa personagem. Jean morreu no dia 1° de setembro de 1979, aos 40 anos, de suicídio com barbitúricos, em Paris, na França.

 

(Fonte: Veja, 19 de setembro, 1979 – Edição n.° 576 – DATAS – Pág; 134)

 

 

Powered by Rock Convert
Share.