A primeira greve desde 1968, quando a ditadura militar havia entrado em seu período mais duro

0
Powered by Rock Convert

A greve do ABC. O Brasil acordou surpreso no dia 12 de maio de 1978. Em um país ainda sob mão pesada do regime militar, 1,6 mil metalúrgicos da Saab-Scânia, empresa de São Bernardo do Campo, na região paulista do ABC, cruzaram os braços reivindicando recuperação de perdas salariais.
O movimento foi se espalhando pela região e, ao fim de uma semana, operários de 90 indústrias metalúrgicas haviam parado. A greve era a primeira desde 1968, quando a ditadura militar havia entrado em seu período mais duro com a publicação do AI-5. Entre os grevistas, surge um novo líder de esquerda. A paralisação foi o estopim de uma série de outras nos dois anos seguintes. Planejada desde 1974, a greve do ABC deu início a um movimento sindicalista organizado e forte, no princípio avesso à política partidária, mas que em 1980 resultaria na fundação do Partido dos Trabalhadores. Dos grevistas do ABC também surgiu um novo líder popular de esquerda: Luís Inácio da Silva, o Lula. Em 2002, depois de três candidaturas frustradas, ele seria eleito o primeiro presidente do Brasil vindo da classe trabalhadora e que cursou apenas até a sexta série.

Powered by Rock Convert

(Fonte: Caderno Especial 40 Anos Zero Hora – Porto Alegre, domingo, 2 de maio de 2004 – FATOS – Pág. 18)

Powered by Rock Convert
Share.