Primeiro pregador protestante que veio ao Brasil com uma formação teológica completa

0
Powered by Rock Convert

PRIMEIRO PREGADOR PROTESTANTE COM FORMAÇÃO TEOLÓGICA COMPLETA NO BRASIL
O primeiro pregador protestante que veio ao Brasil com uma formação teológica completa, Friedrich Christian Klingelhöffer, chegou ao Rio Grande em 1825. Ele foi contratado pelo agente de colonização do Império do Brasil, o major Schaefer, não como pastor, mas como agricultor e professor. Apesar de sua formação religiosa e de ter exercido as funções durante seis anos, Klingelhöffer ferira uma pessoa numa caçada e acabara na cadeia. Sua liberdade foi concedida com a condição de que emigrasse definitivamente para o Brasil.
No Rio Grande do Sul, Klingelhöffer se instalou em Campo Bom, onde começou a atender os evangélicos da margem direita do Rio dos Sinos. Com recursos próprios e o apoio de algumas famílias, o pastor construiu o primeiro templo evangélico do sul do país. A pequena capela, onde aos domingos eram realizados cultos, servia de escola durante a semana.
Irrequieto, o pastor Klingelhöffer tomou partido dos rebeldes farroupilhas, a partir de 1835, talvez por influência do jornalista Hermann von Salisch. Conhecido no vale como pastor farrapo, ele acabou vítima dessa condição. Preso na Freguesia Nova, perto de Triunfo, quando tentava levar sua família para a casa de parentes no município de Rio Pardo, Klingelhöffer foi executado. Algumas versões indicam que a morte foi por fuzilamento, outras por degola.
Não há provas de que o pastor tenha efetivamente se engajado em combates no lado farroupilha. Seu filho Hermann, no entanto, morreu em combate na fronteira, no último ano da guerra, em 1845, e foi elogiado como “o mais intrépido dos farrapos”. O pastor Klingelhöffer está sepultado no Cemitério Evangélico de Porto Alegre.

oexploradorPowered by Rock Convert

(Fonte: O Protestantismo em Terras Gaúchas, de Armando R. Muller, EST Edições, Porto Alegre, 2003) – (Túnel do Tempo – Almanaque Gaúcho – Olyr Zavaschi – Zero Hora – sexta-feira, 5/9/03 – pág; 62)

Powered by Rock Convert
Share.