Foi o primeiro homem a comandar um programa de culinária na TV brasileira

0
Powered by Rock Convert

Humorista, ator, chef, apresentador: o multifacetado Otello Zeloni

Otello Zeloni (Roma, 26 de novembro de 1921 – São Paulo, 29 de dezembro de 1973), foi um ator ítalo-brasileiro.

Em 1941, o italiano Otello Zeloni foi convocado como piloto aviador para defender o seu país de origem na II Guerra Mundial. Ele foi para o front, mas conseguiu fugir dele na garupa de uma motocicleta um ano antes da Guerra acabar.

Com medo de ser considerado um desertor, conseguiu fugir para a Argentina e lá começou a trabalhar com cinema. Em 1947, Otello Zeloni desembarcou no Brasil com o firme propósito de construir uma carreira de sucesso no rádio ou no cinema.

Começou como radioator interpretando italianos ou descendentes de italianos, já que o seu sotaque ainda era muito forte, e logo foi para o teatro de revista onde trabalhou nas companhias de Carlos Machado e Wálter Pinto, e descobriu que tinha jeito para fazer humor.

No final da década de 1950 já era um nome conhecido no cinema nacional com dez filmes realizados, quase todos comédias, o que garantiu o seu currículo para chegar com sucesso na televisão.

E o primeiro programa foi o seriado cômico “Pequeno Mundo de Dom Camilo”, um personagem que já era sucesso mundial via cinema e que caiu perfeitamente para a criação de Zeloni. Um sucesso para a TV Tupi e para aquele simpático italiano, que misturava um pouco da sua língua original com o nosso português.

Mas foi em 1967, na TV Record, que Zeloni marcou para sempre o seu nome na galeria dos nossos grandes comediantes, ao viver o chefe de uma família muito engraçada e confusa, o Pepino de “Família Trapo”, sempre em pé de guerra com o seu cunhado Carlos Bronco Dinossauro que era também brilhantemente vivido por Ronald Golias.

oexplorador

Powered by Rock Convert

Otelo Zeloni em A Família Trapo na TV Record Otelo Zeloni em A Família Trapo na TV Record

O sucesso na “Família Trapo” e nas suas intervenções humorísticas nos especiais da TV Record, como o “Show do Dia 7”, por exemplo, transformaram Zeloni em um dos principais nomes da nossa TV e do nosso humor na década de 1970.

Foi Zeloni também o primeiro homem a comandar um programa de culinária na TV brasileira, e isso aconteceu em 1971, quando ao lado da mulher, Gióia, lançou pela TV Record, o “Zeloni, Forno e Fogão”.

No início da década de 1970, um homem quebrou tabus e fez história na televisão brasileira. Era Otelo Zeloni, responsável pela apresentação de Forno e Fogão, primeiro programa de TV de culinária protagonizado por um homem no país.

Zeloni nos anos 50 no cinema

Zeloni nos anos 50 no cinema

Otelo Zeloni vivia o protagonista de “O Conde Zebra”, novela exibida pela TV Tupi em 1973, onde era dirigido por Luiz Gallon e vivia o verdureiro Vespasiano que ganhava sozinho na loteria e se transformava, da noite para o dia, no rico Conde Zebra, quando precisou se afastar do trabalho devido a um tumor no cérebro. A novela foi cancelada um dia antes da morte do ator, aos 52 anos.

(Fonte: http://www.msn.com/pt-br/entretenimento – ENTRETENIMENTO – Relembre atores que faleceram durante as gravações de novelas – Famosidades – 28/04/2016)

(Fonte: http://cartaodevisita.r7.com – Eterna Memória: Otello Zeloni/ Por Rodolfo Bonventti – 17 de Janeiro de 2014)

(Fonte: http://jovempan.uol.com.br/entretenimento – ENTRETENIMENTO – DOIS DIRETORES EM CENA/ Por Jovem Pan – 10/01/2014)

 

Powered by Rock Convert
Share.