Marvelous Marvin Hagler, foi um dos maiores pesos médios da história do boxe, com destaque para o triunfo épico sobre Thomas Hearns, considerada uma das grandes lutas da história do boxe

0
Powered by Rock Convert

Estrela do boxe, ex-campeão dos médios

Um dos maiores pesos médios da história do boxe

 

Marvin Hagler lutando contra Jaun Roldan em 1984. (Imagem: Focus on Sport/Getty Images)

 

Marvelous Marvin Hagler (Newark, Nova Jersey, 23 de maio de 1954 – New Hampshire, 13 de março de 2021), ex-campeão dos médios e estrela do boxe mundial nos anos 1980, o Marvelous.

 

O pugilista dominou a categoria dos médios de 1980 a 1987, quando perdeu seu reinado para o icônico Sugar Ray Leonard.

 

A lenda da modalidade era considerado um dos grandes campeões do boxe, Hagler foi nocauteado apenas uma vez em 67 lutas profissionais, enquanto 52 de suas vitórias foram por nocaute. Ele chegou a defender de forma bem sucedida 12 vezes o título dos médios. Seu reinado como campeão indiscutível chegou ao fim só em 1987, após polêmica derrota contra Sugar Ray Leonard.

 

Hagler gostava de ser chamado por seu apelido “Marvelous”, que significa maravilhoso em português. E, incomodado pelo fato de muitos narradores e jornalistas não o chamarem assim, mudou legalmente seu nome em 1982, quando se tornou “Marvelous Marvin Hagler”.

 

Em 14 anos como profissional, Hagler fez 67 lutas, com 62 vitórias, dois empates e três derrotas. Ele conquistou 52 triunfos por nocaute e ganhou 12 combates em disputas pelo título mundial.

 

Nesta sequência de 12 vitórias válidas pelo cinturão dos médios, o destaque é o triunfo épico sobre Thomas Hearns, em 1985, considerada uma das grandes lutas da história do boxe.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Canhoto, Hagler disputou 67 lutas durante em 14 anos de carreira profissional. Ele venceu 62 vezes, 52 por nocaute, empatou dois e perdeu três vezes. Ele fez 12 defesas de título com sucesso e venceu a luta clássica conhecida como “A Guerra”, quando derrotou Thomas “Hit Man” Hearns em abril de 1985, quando o primeiro assalto é apontado como o mais violento da história.

 

Em abril de 1987, Hagler perdeu o cinturão dos médios para Sugar Ray Leonard em uma disputa levada aos juízes em decisão dividida. Foi essa a última luta de Hagler, que oficialmente abandonou o boxe em 1988.

 

Em 1987, perdeu para Sugar Ray Leonard, em um dos duelos mais espetaculares de todos os tempos. Hagler não concordou com a opinião dos jurados após 12 assaltos e decidiu pendurar as luvas. Ao lado do argentino Carlos Monzón e do norte-americano Sugar Ray Robinson é apontado como um dos maiores pesos médios do boxe. Depois que largou o boxe, chegou a morar na Itália, onde participou de vários filmes.

 

Marvin Hagler faleceu em sua casa em New Hampshire, nos Estados Unidos, em 13 de março de 2021, aos 66 anos.

 

“O boxe perdeu um grande personagem hoje”, disse o promotor de boxe Frank Warren. O ex-campeão mundial dos penas, Barry McGuigan, disse que ficou “chocado e profundamente triste” ao saber da morte de Hagler. O irlandês acrescentou: “Estou honrado por ter passado momentos incríveis com ele. Minhas mais sinceras condolências à sua esposa Kay e sua família. Descanse em paz, campeão.” O peso pesado britânico Derek Chisora disse que Hagler era “um dos maiores”.

(Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/lutas/ultimas-noticias/2021/03/13 – ESPORTE / LUTAS / ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Do UOL, em São Paulo

13/03/2021)

(Fonte: https://www.msn.com/pt-br/esportes/lutas – ESPORTES / LUTAS / por Ag. Fight – 14/03/2021)

Powered by Rock Convert
Share.