Mara Macdowell, ícone da moda carioca, a estilista gaúcha foi uma das pioneiras em distribuir informação de moda e a falar da importância dos acessórios

0
Powered by Rock Convert

Estilista gaúcha Mara MacDowell, ficou conhecida como “Coco Chanel brasileira”

 

Foi ícone da moda carioca

 

Grife Mara Mac na passarela do Donna Fashion Iguatemi 2010. (Crédito: Diego Vara / Agencia RBS)

 

“Aprendi moda fazendo, criando, experimentando”, contou ela em entrevista à Donna em 2014

Mara Macdowell, ícone da moda carioca, a estilista gaúcha foi uma das pioneiras em distribuir informação de moda e a falar da importância dos acessórios. Se tornou famosa como lançadora de tendências e com estilo próprio.

 

As peças conhecidas pela modelagem impecável, qualidade e acabamento primoroso tinham ares minimalistas que tornaram a marca conhecida entre as mulheres que escolhem o luxo simples.

A grife desfilou suas coleções em verdadeiros espetáculos pelas passarelas das principais semanas de moda do Rio de Janeiro. E ainda tinha lojas próprias espalhadas por cidades como o Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.

 

A estilista gaúcha radicada no Rio se consagrou como um dos grandes nomes da moda brasileira com a marca Mara Mac e foi um dos pilares da construção da moda carioca.

 

Mara morou em Alegrete e Porto Alegre, mas mudou-se para o Rio de Janeiro ainda na adolescência. Formou-se em Jornalismo pela PUC-RJ e chegou a atuar como repórter no jornal O Globo durante dois anos, mas a vocação para a moda falou mais alto.

 

Gaúcha natural Santana do Livramento, se mudou para o Rio de Janeiro aos 7 anos com a família e teve enorme influência da mãe, que era costureira. Formada em Jornalismo pela PUC, Mara chegou a trabalhar na área de estilo da extinta rede de lojas de departamentos Mesbla.

 

Depois foi convidada pelas irmãs Jane Mellin e Edith Vasconcelos para ser sócia da Mariazinha, loja criada pela dupla em 1961. Seu nome começou a ficar conhecido na cena carioca nos anos 80 até que, em 2000, a marca passa a se chamar Mara Mac, e expande para as principais capitais do Brasil.

 

Considerada um ícone da cena fashion brasileira e protagonista na consolidação da moda carioca em todo o país, ela destacava-se pelo estilo moderno e minimalista que a tornou conhecida desde o início. Sua grife, Mara Mac, chegou a ter filiais espalhadas por grandes capitais, como Salvador, Brasília e São Paulo.

Mara, jornalista de formação da turma de Billy Branco, formada pela PUC, começou na moda em 25 de agosto de 1961, inaugurando a primeira loja da marca, em Ipanema.

Foi compradora da Mariazinha, a primeira butique de Ipanema. Em pouco tempo, virou diretora criativa da marca e, logo depois, a comprou.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Com um estilo contemporâneo e atemporal, seus desfiles eram destaque no Fashion Rio, a maioria com direção de Bia Lessa. Após quase 60 anos de história na moda, Mara encerrou as atividades de sua marca em 2019.

 

Em 2000, Mara pôs o nome dela na marca. Mara Macdowell é responsável pela formação de uma grande turma que hoje está na moda. Sem ela, é o fim de uma geração talentosa (Andrea Saletto, Alice Tapajos, Maria Bonita, George Henri, Marco Rica, Sônia Mureb) que colocou a moda carioca no mapa.

 

Em entrevista à Donna em 2014, Mara falou sobre ter sido uma estilista autodidata.

— Aprendi moda fazendo, criando, experimentando. O que valia, e vale até hoje, é o bom gosto, o olhar certo para as proporções e o amor pelo seu objeto de trabalho. Nunca senti falta de um suporte formal para criar. Viajar, ler, assistir a concertos, peças teatrais, balés… Isso sempre me bastou — disse ela.

Após anos de presenças memoráveis no Fashion Rio, semana de moda carioca, a Mara Mac encerrou oficialmente as suas atividades em 2019. A estilista também apresentou suas criações em várias edições do Donna Fashion Iguatemi, semana de moda gaúcha.

 

Mara Macdowell fecha suas lojas e marca o fim de uma geração

 

A estilista Mara Macdowell, 84 anos, não resistiu à crise do país, decidiu encerrar as atividades de sua marca. Depois de 56 anos no varejo, 12 lojas espalhadas pelo país e presença em mais de 150 multimarcas, ela decidiu fechar as portas das únicas três lojas que sobraram.

 

Mara Macdowell faleceu aos 84 anos em 14 de outubro. Ela sofreu complicações de uma embolia pulmonar.

 

Ela deixa um filho, Haroldo Mac Dowell, que foi casado com a jornalista Renata Vasconcellos, e dois netos.

 

Mara deixa o filho, Haroldo, e dois netos, Antônio e Miguel. Donna entrou em contato com um de seus sobrinhos, o estilista Marzio Petrucci, que reside atualmente na Itália. Ele trabalhou com a tia no início de sua carreira e enfatiza a relevância do legado de Mara:

 — É uma dama da moda brasileira, tanto que muitos a chamam de “Coco Chanel brasileira”. Totalmente inovadora e à frente do seu tempo. Não há no Brasil desfiles impactantes como foram o seus durante o Fashion Rio. Além de estilista, foi um exemplo de resiliência. Ser criativa e empreendedora não é tarefa fácil. A marca operou por quase 60 anos. Sobreviveu ditadura, hiperinflação, inúmeras trocas de moedas, mudança de mercado, e por aí vai.

O estilista contou que considera Mara a sua “escola” e que ambos tinham uma sincronia natural com relação à estética, já que sempre foi um entusiasta do minimalismo, assim como a tia.

(Fonte: https://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/moda – ESTILO DE VIDA / MODA / por Lilian Pacce – 14/10/2021)

(Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/donna/gente/noticia/2021/10 – DONNA / GENTE / NOTÍCIA – 14/10/2021)

(Fonte: https://br.fashionnetwork.com/news – RECEPÇÃO / NOTÍCIAS / NEGÓCIOS / por Fernanda Baldioti – 12 de nov. de 2019)

(Fonte: https://blogs.oglobo.globo.com/ancelmo/post – Por Ana Cláudia Guimarães – 

© 1996 – 2021. Todos direitos reservados a Editora Globo S/A.

Powered by Rock Convert
Share.