John Forbes Nash, matemático e economista que foi responsável por tornar mais amplo o entendimento sobre a teoria dos jogos

0
Powered by Rock Convert

Filme “Uma mente brilhante” foi inspirado na vida do acadêmico.

John Forbes Nash (Bluefield, 13 de junho de 1928 – Nova Jersey, 23 de maio de 2015), matemático norte-americano cujo trabalho na teoria dos jogos (a análise matemática de situações que envolvem conflitos de interesse) lhe rendeu o prêmio Nobel de Economia em 1994.

O economista, que inspirou o filme Uma Mente Brilhante, foi responsável por tornar mais amplo o entendimento sobre a teoria dos jogos, popularizando o seu uso além do campo da matemática.

O matemático John Forbes Nash Jr, que inspirou o filme “Uma mente brilhante”, ganhou o prêmio Nobel de economia em 1994 e trabalhou como pesquisador sênior de matemática na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.

John Nash e sua esposa em foto de 2002, na 74ª cerimônia do Oscar (Foto: Fred Pouser/File/Reuters)

John Nash e sua esposa em foto de 2002, na 74ª
cerimônia do Oscar
(Foto: Fred Pouser/File/Reuters)

 

Nash ganhou o Prêmio Nobel de Economia em 1994 por expandir a chamada “teoria dos jogos”, criada pelos matemáticos John Von Neumann (1903-1957) e Oskar Morgenstern (1902-1977), ao apresentar resultados diferentes para a “soma zero”.

O trabalho de Nash chegou ao entendimento de que os atores envolvidos em uma determinada interação poderiam lucrar ao mesmo tempo, e que, na realidade, as vitórias de uma das partes não poderiam equivaler necessariamente à perda da outra parte. A descoberta abriu caminho que a aplicação da teoria em variadas disciplinas, além daquelas diretamente ligadas aos mercados econômicos.

Durante boa parte de sua vida, Nash sofreu em razão da esquizofrenia, da qual conseguiu se recuperar. Sua luta com este transtorno psiquiátrico inspirou o filme Uma Mente Brilhante, que ganhou um Oscar de melhor filme entre outros prêmios da academia de cinema norte-americano, em 2001.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Mente brilhante
Russell Crowe interpretou Nash em 2001 no filme “Uma mente brilhante” e mostrou a esquizofrenia do matemático, que causava um comportamento paranóico.

O filme ganhou 4 estatuetas no Oscar, em 2002: melhor filme, diretor, melhor atriz coadjuvante e roteiro adaptado.

No dia 26 de maio de 2015, Nash estava na Noruega para receber o prêmio Abel para a matemática.  O prêmio é oferecido pela Academia Norueguesa de Ciências e Letras, que reconheceu o trabalho de Nash em equações diferenciais parciais.

Nash Jr, de 86 anos, morreu em um acidente de carro em Nova Jersey, nos Estados Unidos, dia 23 de maio de 2015. Ele estava em um táxi com sua esposa, Alicia Nash, de 82 anos, que também morreu.

O motorista perdeu o controle do carro e bateu em uma mureta, informou Gregory Williams, sargento da polícia de Nova Jersey, segundo a ABC News. Eles moravam em Princeton.

(Fonte: Seleções do Reader’s Digest – Enciclopédia Interativa do Saber – O mundo da ciência e da tecnologia – Utilizando os números – Pág; 46/47)

(Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/05 – MUNDO – Do G1, em São Paulo – 24/05/2015)

(Fonte: Zero Hora – ANO 52 – N° 18.120 – TRIBUTO – 24 de maio de 2015 – Pág: 32)

Powered by Rock Convert
Share.