Artur Bragantini, lenda da Fórmula Ford Brasil, foi tricampeão da maior categoria nacional de monopostos do século 20 e disputou divisão de acesso da Stock

0
Powered by Rock Convert

Tricampeão da Fórmula Ford

Artur Bragantini, lenda da Fórmula Ford Brasil

Ex-piloto foi três vezes campeão da Fórmula Ford brasileira

 

Piloto foi tricampeão da maior categoria nacional de monopostos do século 20 e disputou divisão de acesso da Stock

Artur Bragantini, ex-piloto e instrutor de pilotagem, tricampeão da Fórmula Ford brasileira entre os anos 1970 e 1980.

 

Bragantini, nome icônico do automobilismo nacional no século XX, foi um dos grandes da Fórmula Ford, principal campeonato brasileiro de monopostos nas décadas de 70 e 80, onde conquistou três títulos nacionais, em 1977, 1979 e 1980, este último com 100% de aproveitamento nas corridas.

oexploradorPowered by Rock Convert

A carreira de Artur Bragantini remonta o automobilismo dos anos 1970. O piloto começou a competir em Interlagos com um Puma GT em provas de endurance. Este era o foco da carreira, mas as coisas começaram a mudar em 1975. Foi nesse ano que Bragantini decidiu competir em carros de fórmula de forma assídua. Vieram corridas na Fórmula Ford, então principal categoria de monopostos no Brasil.

 

A mudança surtiu efeito em 1977. Competindo mutuamente no Campeonato Paulista e no Campeonato Brasileiro de F-Ford, Bragantini foi campeão nos dois. 1978 traria mais um título estadual, mas sem sucesso nacional. Em 1979 e 1980, aquele que pode ser considerado o auge da carreira: Artur conseguiu mais dois títulos brasileiros, e com direito a vencer todas as oito corridas da temporada no ano do tricampeonato. Apesar do destaque, não houve a oportunidade de busca carreira internacional.

 

A carreira avançou em solo nacional nos anos 1980, mas sem o mesmo destaque. Bragantini viria a brigar pelo título do Brasileiro de Marcas e Pilotos em 1983, terminando em terceiro. Depois de mais algumas corridas esporádicas de monopostos, a carreira perdeu embalo. O retorno só se daria nos anos 2000, com destaque para passagem pela Stock Light em 2002 e 2003. Depois, Artur seguiu competindo de forma esporádica até 2017.

 

Bragantini também correu pelo Brasileiro de Marcas na década de 80 e conquistou um terceiro lugar no certame de 1983. No novo milênio, disputou as temporadas de 2002 e 2003 da Stock Light, divisão de acesso da Stock Car Pro Series. Suas últimas corridas da carreira foram na Fórmula Inter, categoria de base nacional.

Powered by Rock Convert
Share.