A primeira indígena da história do Canadá a ser nomeada governadora-geral do país

0
Powered by Rock Convert

Pela primeira vez na história, uma indígena é nomeada governadora-geral no Canadá

 

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, fez o anúncio em 6 de junho, num momento em que o país é abalado há várias semanas pela descoberta de centenas de covas com os restos mortais de crianças indígenas em instituições católicas. Mary Simon é a primeira indígena da história do Canadá a ser nomeada governadora-geral do país.

 

O momento é histórico. A inuíte Mary Simon será a primeira indígena a representar a rainha Elizabeth II, que oficialmente é a chefe de Estado do Canadá. Originária de Nunavik, um território situado ao norte do Quebec, ela militou pela emancipação das comunidades inuítes durante sua carreira.

A função de governador-geral do Canadá é essencialmente protocolar, mas Mary Simon acredita que sua nomeação seja uma etapa importante no longo caminho para a reconciliação entre os canadenses e os povos originários. “Digo com convicção que a minha nomeação é histórica”, afirmou a indígena.

 

A indicação de Mary Simon é política e extremamente simbólica. Ela acontece em um momento em que o passado colonial do Canadá volta a provocar tensão no país. Nas últimas semanas, centenas de túmulos e corpos de crianças foram descobertos nas proximidades de ex-internatos católicos para indígenas.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

O primeiro-ministro Justin Trudeau avalia que “o país passa por um momento extremamente difícil de reflexão sobre sua história e os internatos para indígenas, mas também sobre o impacto dessa história no presente e no futuro da Nação”.

 

Reações

 

Vários líderes de comunidades indígenas canadenses aplaudiram o nome da nova governadora-geral. Mas alguns representantes aproveitaram o momento para denunciar a natureza colonial do cargo. O Canadá integra o Commonwealth (Comunidade de Nações) e a tarefa do governador-geral é representar a monarca britânica, agindo sempre em seu nome.

 

Independentemente, Mary Simon é uma mulher de reconhecida competência. A defensora dos direitos e da cultura inuíte, que nasceu em 1947, foi a primeira embaixadora canadense das Relações Polares e também a representante diplomática do Canadá na Dinamarca.
(Fonte: https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo – NOTÍCIAS / MUNDO / por RFI / fornecido por Microsoft News – 07/07/2021)

Com informações da correspondente da RFI em Montreal, Justine Cohendet

Powered by Rock Convert
Share.