“Um poeta é um rouxinol, que na escuridão se apruma para cantar e alegrar a própria solidão com doces sons.” Percy Bysshe Shelley (1792-1822), poeta e escritor inglês, em “Uma Defesa da Poesia e Outros Ensaios”.

0
Powered by Rock Convert

“Um poeta é um rouxinol, que na escuridão se apruma para cantar e alegrar a própria solidão com doces sons.”

Percy Bysshe Shelley (1792-1822), poeta e escritor inglês, em “Uma Defesa da Poesia e Outros Ensaios”.

(Fonte: Revista Caras – ANO 15 – N° 27 – Edição nº 767 – 16 de julho de 2008 – Citações)

Share.