Theodore Bikel, coestrelou com Henry Kissinger, na minissérie da ABC The Final Days

0
Powered by Rock Convert
O ator Theodore Bikel, quando recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em abril de 2005 - (Foto: Lucy Nicholson/Reuters)

O ator Theodore Bikel, quando recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em abril de 2005 – (Foto: Lucy Nicholson/Reuters)

Theodore Bikel (Viena, Áustria, 2 de maio de 1924 – Los Angeles, Califórnia, 21 de julho de 2015), que interpretou em mais de 2.200 performances o personagem Tevye nos musicais de O Violinista do Telhado

Ator indicado ao Oscar e cantor de folk

Ator indicado ao Oscar e cantor de folk (Foto: www.usmagazine.com)

Ele também foi o capitão Georg Von Trapp na produção da Broadway de A Noviça Rebelde.

O ator e cantor Theodore Bikel, já indicado ao prêmio Tony e ao Oscar e conhecido por sua paixão pela música folk e pelo ativismo político, foi artista prolífico, e ainda ajudou a fundar o famoso festival folk de Newport em 1959, no qual se apresentaram músicos como Bob Dylan e Johnny Cash.

Com renome internacional e respeitado como um dos atores mais versáteis da sua geração, Bikel teve uma indicação ao Oscar, como ator coadjuvante, pelo filme Acorrentados (1958), em que interpretou o xerife Max Muller.

Em 1958, ele foi indicado ao Oscar por sua interpretação de um xerife sulista em “Acorrentados”, drama sobre dois fugitivos da prisão –um negro, vivido por Sidney Poitier, e um branco, interpretado por Tony Curtis.

O ator, que nasceu na Áustria, chamava atenção pela diversidade dos papéis que viveu. De um policial escocês até o capitão de um submarino russo, passando por um refugiado judeu, um capitão da marinha alemã e até o secretário de Estado americano Henry Kissinger. Como cantor, ele chegou a interpretar músicas em 21 idiomas.

oexploradorPowered by Rock Convert

Fluente em várias línguas, Bikel interpretou diversas vezes figuras de autoridade. O ator, originário de Viena, viveu o papel de um médico holandês em Os Raptores (1953), foi um oficial de submarino alemão no longa de guerra A Raposa do Mar (1957) e, no mesmo ano, um general francês em Orgulho e Paixão.

Ele ainda deu vida a militares russos em Fraulein (1958) e em Os Russos Estão Chegando! Os Russos Estão Chegando (1965), além de interpretar um especialista em fonética húngaro em Minha Bela Dama (1964).

Bikel também atuou em diversos programas de TV, gravou audiobooks, participou da produção de espetáculos de ópera e lançou mais de 20 álbuns de música folk.

Na televisão, o austríaco coestrelou com Henry Kissinger, em 1989, a minissérie da ABC The Final Days, e participou dos seriados The Twilight Zone, Gunsmoke, All in the Family, Law & Order, JAG, Columbo e Star Trek: The Next Generation.

Com A Noviça Rebelde, que estreou na Broadway em 1959 e ficou em cartaz até 1963, Bikel recebeu uma indicação ao Tony Award.

Theodore Bikel morreu em Los Angeles, Califórnia, dia 21 de julho de 2015, aos 91 anos, de causas naturais.

(Fonte: Zero Hora – ANO 52 – Nº 18.12 – TRIBUTO/ Postado por Bruna Ayres – 25 de julho de 2015)

(Fonte: http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2015/07/21 – ENTRETENIMENTO – CINEMA – Do UOL, em São Paulo – 21/07/2015)

Powered by Rock Convert
Share.