O primeiro carro genuinamente brasileiro

0

Os DKW brasileiros

Em 1967, o último dos DKW produzidos no Brasil deixava a linha de montagem da empresa no Ipiranga, São Paulo, depois de nove anos de fabricação desse automóvel que fez muito sucesso, especialmente no Rio Grande do Sul. Os fabricantes do DKW-Vemag orgulhavam-se de produzir, sob licença alemã, “o primeiro carro genuinamente brasileiro”.

A DKW é uma marca histórica criada em 1916 pelo engenheiro dinamarquês Jorgen Skafte Rasmussen (1878-1964) que, em 1932, com a Grande Depressão, se uniu a outras três fábricas, a Audi, a Horch e a Wanderer, para formar a Auto Union.

Em 1957, a Auto Union foi adquirida pela Daimler-Benz e, em 1964, pela Volkswagen, passando então a ser denominada Audi. A sigla DKW significava inicialmente Dampf Kraft Wagen (carro de força a vapor), já que os primeiros produtos oferecidos pela empresa foram pequenos motores a vapor.

Com o tempo, a empresa passou a oferecer motores a gasolina com ciclo de dois tempos, mas a denominação DKW foi mantida. Esses primeiros modelos de motor de dois tempos foram adaptados para brinquedos e foram denominados Des Knaben Wunch (o desejo dos garotos).

(Fonte: Zero Hora – ANO 44 – Nº 15.322 – 10 AGOSTO 2007 – Almanaque Gaúcho – Túnel do Tempo / Por OLYR ZAVASCHI – Pág: 78)

Colaboração de Cláudio Roberto Morgenthal, de Santa Maria (RS)

Share.