“Não troco meu oxente pelo o.k. de ninguém.” Ariano Suassuna, escritor, em sua luta inglória contra estrangeirismos na língua portuguesa

0
Powered by Rock Convert

“Não troco meu oxente pelo o.k. de ninguém.” 

Ariano Suassuna, escritor, em sua luta inglória contra estrangeirismos na língua portuguesa

(Fonte: Veja, 25 de fevereiro de 2004 – ANO 37 – Nº 8 – Edição 1842 – Veja Essa/ Por Julio Cesar de Barros – Pág: 32/33)

Share.