Mara Rúbia, uma das grandes vedetes do teatro de revista, nos anos 40 e 50

0
Powered by Rock Convert

 

 

 

 

 

Mara Rúbia: vedete espontânea

oexploradorPowered by Rock Convert

Mara Rúbia (Ilha de Marajó, PA, 3 de fevereiro de 1919 – Rio de Janeiro, 15 de maio de 1991), uma das grandes vedetes do teatro de revista, nos anos 40 e 50. Nascida no Pará, seu verdadeiro nome era Osmarina Lameira Cintra. Nos tempos de glória, Mara, espontânea e expressiva, lotava teatros do Rio de Janeiro e de São Paulo, dividindo aplausos com Dercy Gonçalves, Renata Fronzi, Oscarito e Grande Otelo.

Além de muitos sucessos no teatro de revista, como Rabo de Foguete e Bonde da Laite (Light), Mara também participou de montagens teatrais sérias, como A Filha de Lório, de Gabriele D’Annunzio, e de filmes, como Dona Flor e Seus Dois Maridos e Os Deuses e os Mortos. Na televisão, trabalhou em novelas como Sinal de Alerta e Feijão Maravilha.

Mara Rúbia faleceu em 15 de maio de 1991, aos 73 anos, de problemas circulatórios, no Rio de Janeiro.

 

 

(Fonte: Veja, 22 de maio de 1991 – Ano 24 – N° 21 – Edição 1183 – DATAS – Pág: 75)

Powered by Rock Convert
Share.