Lin Biao, marechal herdeiro político do líder chinês Mao Tsé-tung, acusado de conspirar contra o líder chinês

0
Powered by Rock Convert

Lin Biao (Wuhan, província de Hubei, 5 de dezembro de 1907 – Mongólia, 13 de setembro de 1971), marechal e o herdeiro político do líder chinês Mao Tsé-tung, acusado de conspirar contra o líder chinês e que morreu em um misterioso acidente aéreo

Membro do Partido Comunista da China, participou da Longa Marcha. Dirigiu a luta contra os japoneses na Manchúria e da ofensiva em 1949, que derrotou definitivamente os nacionalistas de Chiang Kai-shek.

Em plena Revolução Cultural (1966-76), Mao Tsé-tung, fundador do regime comunista, teria designado Lin Biao como sucessor em 1969.

oexploradorPowered by Rock Convert

Dois anos mais tarde, em setembro de 1971, Biao foi acusado de ser um conspirador contrarrevolucionário, depois de morrer quando tentava fugir para a União Soviética a bordo de um avião que caiu na Mongólia.

A filha do chamado “marechal traidor”, Lin Liheng, conhecida como Lin Dudu, teria revelado o complô de seu pai para matar Mao em uma viagem de trem. Seu irmão, Lin Liguo, e sua mãe, Ye Qun, também morreram no avião acidentado, segundo a versão oficial.

Vários incidentes registrados na história do regime chinês estão cercados de mistério e, às vezes, são alvo de versões oficiais suavizadas.

(Fonte: http://noticias.band.uol.com.br/mundo/noticia/100000718496 – NOTÍCIAS – MUNDO – Da AFP – 06/11/2014)

Powered by Rock Convert
Share.