Leonard Rosenman, formou-se compositor com Arnold Schoenberg, Roger Sessions e Luigi Dallapiccola

0
Powered by Rock Convert

MÚSICA: COMPOSITOR DE “BARRY LYNDON”

 

Leonard Rosenman (Brooklyn, Nova York, 7 de setembro de 1924 – Los Angeles, 4 de março de 2008), compositor americano vencedor de dois Oscars, apontado como um dos responsáveis em modernizar a música do cinema nos anos de 1950 e 1960.

Rosenman é apontado com um dos compositores responsáveis por introduzir a música de vanguarda em Hollywood.

O compositor Leonard Rosenman foi o vencedor de dois Oscars, pelas trilhas de “”Barry Lyndon” (1975), de Stanley Kubrick, e “Esta É Minha Terra” (1976), de Hal Ashby.

Rosenman foi indicado ao Oscar por quatro trabalhos: “Barry Lyndon” (1975), de Stanley Kubrick; “Esta é minha Terra” (1976), de Hal Ashby; “Cross Creek” (1983), de Martin Ritt; “Jornada nas Estrelas IV: A Volta para Casa” (1986), de Leonard Nimoy. Ele levou para casa a estatueta pelas duas primeiras indicações.

Nascido no Brooklyn, em Nova York, formou-se compositor com Arnold Schoenberg, Roger Sessions (1896-1985) e Luigi Dallapiccola. Compunha músicas de câmera e dava aulas de piano quando o diretor Elia Kazan o convidou a compôr a trilha sonora do filme “Vidas Amargas”, de 1954. Em seguinda, compôs a tilha de “Rebelde Sem Causa”, filme também estrelado por James Dean de quem Rosenman se tornou amigo.

oexploradorPowered by Rock Convert

Outros filmes se seguiram, como “Viagem Fantástica”, “De Volta ao Planeta dos Macacos” e “Um Homem Chamado Cavalo”. O primeiro Oscar veio em 1975 por “Barry Lyndon”, para o qual adaptou músicas clássicas e canções de Woody Guthrie. O segundo Oscar veio no ano seguinte com “Bound for Glory”. Recebeu indicações ao prêmio da Academia por seu trabalho nos filmes “Retratos de uma Realidade” e “Jornada nas Estrelas IV”. Em 1978, recebeu uma indicação ao Golden Globe por sua composição para a versão animada de “O Senhor dos Anéis”. Também recebeu o prêmio Emmy pelos telefilmes “Sybil” e “Friendly Fire”.

Também compôs trilhas para vários episódios de séries “Os Defensores” e “Marcus Welby”. Foi responsável pela trilha sonora de 151 episódios da série “Combate” (foto). Ainda fez a trilha de episódios de séries como “Além da Imaginação (eps. “Céu Aberto”), “Alfred Hitchcock Apresenta”, “Os Guerrilheiros”, “Selva do Mar”, “Gibsville”, “Holmes e Yo-Yo” e “Histórias Maravilhosas”, entre outros.

Paralelo a seu trabalho no cinema e na televisão, Rosenman também continuou a compôr músicas para concertos de câmera, de violino e sinfonias.

Leonard Rosenman morreu em Los Angeles, dia 4 de março de 2008, aos 83 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca.

(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrada – FOLHA DE S.PAULO – ILUSTRADA – São Paulo, 07 de março de 2008)

Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. 

(Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/temporadas/falecimentos/leonard-rosenman-1924-2008 – Fernanda Furquim / Nova Temporada – 05/03/2008)

(Fonte: http://www.territoriodamusica.com/noticias – Redação TDM, publicado em 7/3/2008)

Powered by Rock Convert
Share.