Foi a primeira mulher negra eleita para o cargo de vereadora e deputada estadual na cidade e do Estado de São Paulo

0
Powered by Rock Convert

Theodosina Ribeiro, a primeira vereadora negra eleita em São Paulo

 

Em sua carreira, a parlamentar procurou combater as desigualdades, principalmente as que cercam as mulheres e homens negros

 

Deputada Leci Brandão, Raquel Trindade e Theodosina Ribeiro durante a entrega da Medalha Theodosina Ribeiro em 2016 (Fotos: Damaze Lima)

 

 

Theodosina Rosário Ribeiro (Barretos, 20 de maio de 1930 – 22 de abril de 2020), a primeira mulher negra eleita para o cargo de vereadora na cidade de São Paulo, em 1970. Quatro anos depois, ela conquistava uma cadeira na Assembleia Legislativa, como deputada estadual pelo então MDB.

 

Theodosina iniciou sua vida política em 1968 e, dois anos depois, tornou-se a segunda vereadora votada da capital. Quatro anos depois, a parlamentar conquistava uma cadeira na Assembleia Legislativa, como deputada estadual pelo partido MDB.

 

Nascida no dia 20 de maio de 1930, em Barretos, no interior do estado, ela estudou Letras na Universidade de Mogi das Cruzes e foi para a capital paulista trabalhar como professora.

 

Cursou Letras na Universidade de Mogi das Cruzes e foi para a capital paulista trabalhar como professora. A política também atuou como diretora de escola e advogada.

 

Foi em 1968 que Theodosina iniciou a vida política para, dois anos depois, se tornar a segunda vereadora mais votada da cidade.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Em sua carreira, procurou combater as desigualdades, principalmente nas que se refletem em mulheres e homens negros.

 

 

Filha do capitão da Força Pública José Ignácio do Rosário e da dona de casa Rosa Rosário, Theodosina nasceu em Barretos, interior de São Paulo, estudou Letras na Universidade de Mogi das Cruzes e veio ser professora em São Paulo, onde também se tornou diretora de escola. Na capital, ela também se formou em Direito. Em 1968, começou sua vida eleitoral. Foi eleita vereadora, sendo a segunda mais votada da cidade. Em 1970, elegeu-se para a Assembleia Legislativa, onde ficou até 1983.

 

 

 

 

 

 

Theodosina faleceu em 22 de abril de 2020 aos 89 anos.

(Fonte: https://www.uol.com.br/universa/noticias/redacao/2020/04/23 – UNIVERSA / De Universa, em São Paulo – 23/04/2020)

(Fonte: https://revistamarieclaire.globo.com/Noticias/noticia/2020/04 – NOTÍCIAS / NOTÍCIA / Por REDAÇÃO MARIE CLAIRE – 23 ABR 2020)

(Fonte: https://mundonegro.inf.br – MULHER NEGRA HOJE / NOTICIÁRIO / Por Thaís Prado – 22 de abril de 2020)

Powered by Rock Convert
Share.