Eduardo Kneese de Mello, importante personagem na história da arquitetura moderna no Brasil.

0

Eduardo Augusto Kneese de Mello (São Paulo, 5 de abril de 1906 – São Paulo, 1994), arquiteto, importante personagem na história da arquitetura moderna no Brasil na década de 1940 e com grande contribuição para a habitação coletiva em São Paulo.

Trabalhou com Oscar Niemeyer na construção do Parque Ibirapuera e de Brasília. Em 1944, Knesse de Mello levou ao Museu de Arte Moderna de Nova York a exposição fotográfica “Brazil Bilds”.

A mostra retratava as diferentes arquiteturas da regiões do país, “do Amazonas ao Prata”, como detalhou o Estado em 17 de março daquele ano.

A trajetória de Eduardo Augusto Kneese de Mello inicia-se em São Paulo, com seu nascimento no dia 5 de abril de 1906, na Rua Bento de Freitas, que por uma ironia do destino, seria a rua escolhida, 41 anos mais tarde, para ser construída a sede do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/SP).

Seus pais, Horácio de Mello e Clotilde Camargo Kneese de Mello, tiveram seis filhos: Ligia, Eduardo Augusto, Marina, Haroldo, Horácio e Clotilde.

Em São Paulo, Kneese fez seus estudos básicos na Escola Modelo Caetano de Campos e na Escola Americana, outra denominação dada ao Mackenzie College, instituição onde ingressou em 1924 no colégio técnico preparatório, sendo admitido, em 1927, no curso de Engenharia.

A década de 1930 foi marcante para Kneese, pois ainda muito jovem, no ano de 1930, casou-se com Wilma Quintanilha (Vite), companheira inseparável. Do seu casamento nasceram três filhos: Norma, Eduardo Augusto e Yola Quintanilha de Mello.

Sua trajetória profissional teve início no ano de 1932, quando se graduou como Engenheiro-Arquiteto na Escola de Engenharia Mackenzie, integrando uma turma com apenas cinco formandos, dentre eles Carlos Amélio Botti e Vicente Nigro Júnior.

Eduardo Kneese de Mello ingressou no colégio preparatório técnico da Escola Americana – escola cristã fundada pela Igreja Presbiteriana sendo esta a primeira denominação do Mackenzie, concluindo seu curso em 1927, foi aprovado para o curso de engenharia do Mackenzie College se formando engenheiro arquiteto em 1932.

Seus primeiros trabalhos eram residências ecléticas nos principais bairros de São Paulo, sendo que seu primeiro trabalho como engenheiro arquiteto foi na Construtora de Luiz Espinheira, e por volta de 1934 montou seu próprio escritório no Largo da Misericórdia, área central de São Paulo.

A conversão de Eduardo Kneese de Mello ao Movimento Moderno aconteceu após a sua participação no V Congresso Pan Americano de Arquitetos em Montevidéu onde teve contato com arquitetos cariocas e estrangeiros. Presidiu o IAB-SP por três anos consecutivos (1943-1950) trabalhando juntamente com Rino Levi e Vilanova Artigas entre outros. Seus primeiros projetos como arquiteto moderno foram Edifício Mara (1942), EdifÌcio Leônidas Moreira (1942), IAPC Cidade Jardim (1944) e Conjunto Residencial Japurá-IAPI (1945) trabalhando neles além dos conceitos modernos, elementos construtivos de maneira independente. Presidiu o IAB nacional entre 1968-70, foi membro da APA (1967-71), SASP (1971), conselheiro do CONFEA a partir de 1974 e do CREA (1951-52/ 1966-69/ 1982-84) e também, conselheiro da ABEA.

Iniciou sua carreira como docente desde 1937, lecionou na FAU-USP a partir de 1955, esteve entre os fundadores do Instituto de Estudo Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo. Participou do curso de Arquitetura da Universidade da Braz Cubas, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Farias Brito (Guarulhos), Universidade de Mogi das Cruzes, Fundação Armando Álvares Penteado e, da Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Entre suas publicações estão A View of Contemporary Brazilian Architecture – juntamente com Nestor Goulart Reis Filho, 1973, Arquitetura Brasileira: Palestras e Conferências (FAU-USP) 1975, Brasília-Histórias e Estórias, 1992, entre outras publicações.

Eduardo Kneese de Mello faleceu em 1994 aos 88 anos em São Paulo.

(Fonte: http://kneesedemello.blogspot.com.br – O início da trajetória/ Postado por Aline Regino – 5 de agosto de 2010)
(Fonte: http://acervo.estadao.com.br/noticias/acervo – Acervo > Notícias/ Por Cley Scholz – 15 de maio de 2014)
(Fonte: http://www.cronologiadourbanismo.ufba.br/biografia – BIOGRAFIAS/ Por Eduardo Kneese de Mello – 29/06/2012)

Share.