“Com a vida modesta que se leva agora no Rio, o máximo que dá para vestir é um prêt-à-porter internacional.” Carmen Mayrink Veiga, socialite, que não consome mais criações de Yves Saint-Laurent e Givenchy

0
Powered by Rock Convert

Com a vida modesta que se leva agora no Rio, o máximo que dá para vestir é um prêt-à-porter internacional.”

Carmen Mayrink Veiga, socialite, que não consome mais criações de Yves Saint-Laurent e Givenchy

(Fonte: https://www.terra.com.br/istoegente/205/aconteceu – Edição 205 – ACONTECEU – FRASES / por Dirceu Alves Jr. – 07/07/2003)

Share.