Charles Van Johnson, astro de Hollywood nas décadas de 1940 e 50

0
Powered by Rock Convert

O ator Van Johnson, astro de Hollywood nas décadas de 1940 e 50

Charles Van Johnson (New Port, Rhode Island, 25 de agosto de 1916 – Nyack, Nova York, 12 de dezembro de 2008), ator americano. Um acidente automobilístico o tirou do campo de batalha, mas deu ao americano a chance de fazer sucesso como ator de cinema na década de 1940.

Johnson não pôde combater na Segunda Guerra Mundial porque tinha uma placa de metal na cabeça, colocada após um acidente automobilístico. Em vez disso, virou herói de guerra nas telas, em filmes como Dois no Céu e Trinta Segundos Sobre Tóquio.

Foi durante sua participação no filme Dois no Céu (1943) que Van Johnson sofreu o acidente e teve implantada na testa uma placa de metal. O episódio impediu que ele servisse ao exército americano na II Guerra Mundial, mas não barrou o sucesso de Johnson em Hollywood.

 

O ator Van Johnson, astro de Hollywood nas décadas de 1940 e 50 (Foto: Divulgação)

O ator Van Johnson, astro de Hollywood nas décadas de 1940 e 50 (Foto: Divulgação)

 

Depois desse filme, ele voltaria a fazer papel de galã em outras produções, como O Preço da Glória (1949) e Trinta Segundos sobre Tóquio (1944), interpretando personagens de ação destacada na guerra.

Também contracenou com Humphrey Bogart em A Nave da Revolta (1954) e fez par romântico com atrizes como June Allyson, Esther Williams, Judy Garland e Janet Leigh.

oexploradorPowered by Rock Convert

Nas décadas seguintes, também trabalhou na TV, com aparições em seriados como I Love Lucy e Batman e em telefilmes como The Pied Piper of Hamelin (1957), inspirado no conto do Flautista de Hamelin.

Teve períodos de ostracismo, mas voltou a aparecer em 1985, quando atuou no filme A Rosa Púrpura do Cairo, de Woody Allen. O seu último trabalho realizado no cinema foi no filme Clowning Around (1992), um dos primeiros trabalhos do ator australiano Heath Ledger, morto também em 2008, aos 28 anos.

Nascido em New Port, Rhode Island, em agosto de 1916, Johnson também atuou na Broadway. Em 1976, foi indicado ao Emmy por sua atuação na minissérie televisiva “Rich Man, Poor Man”.

Era conhecido também por só usar meias vermelhas.

O artista morreu no dia 12 de dezembro de 2008, aos 92 anos, de causas naturais, em um asilo de Nyack, Nova York.

(Fonte: Zero Hora – Ano 45 – 16 de dezembro de 2008 – TRIBUTO – Pág; 47)

(Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil – n1237646813017 – BRASIL – (Reportagem de Michelle Nichols) – NOVA YORK (Reuters) – 12/12/2008)

Powered by Rock Convert
Share.