Carlo Riva, pai da náutica moderna, o italiano era designer de iates de luxo, famoso nos anos 1950 e 1960

0
Powered by Rock Convert

Carlo Riva, ‘pai’ do barco mais famoso do mundo

Carlo Riva, o pai da náutica moderna visto aqui em 2012 – (Foto: AFP/Arquivos)

 

 

Carlo Riva (1922 – Sarnico, no lago de Iseo (norte da Itália), 10 de abril de 2017), engenheiro e símbolo do “design made in Itália, pai da náutica moderna, o italiano era designer de iates de luxo, famoso nos anos 1950 e 1960. Considerado pioneiro da náutica mundial e responsável por criar as primeiras embarcações de luxo “Riva”, o engenheiro italiano Carlo Riva foi responsável por dar fama a marca Riva, além de se dedicar à construção da primeira marina italiana, situada em Rapallo, próximo a Portofino , que foi batizada com o seu próprio nome. Nascido em uma família de construtores de embarcações, Riva transformou sua marca em símbolo de elegância e do “Made in Italy” no mundo.

Conhecido por ser um dos protagonistas da “dolce vita” à italiana, por seus iates e embarcações belíssimas, foi um pioneiro da náutica graças à fábrica fundada pela sua família no século XIX.

O “mago” da náutica, como costumava ser chamado, transformou o conceito de barco em obras de arte destinadas a reis, princesas, xeques, celebridades e bilionários.

Proprietário e designer do monomotor “Ariston”, famoso por sua cabine com dois bancos, e do bimotor “Aquarama”, ainda mais potente, Riva representava a genialidade italiana, assim como Enzo Ferrari, criador da legendária marca automotora, seu amigo já falecido.

Seus iates foram um símbolo de status social e foram escolhidos por celebridades como Brigitte Bardot, Sophia Loren, Liz Taylor, Sean Connery e Richard Burton, entre outros.

Em 2005, o príncipe de Mônaco, Alberto II, lhe outorgou o título de “Personalidade do Mar”.

O estaleiro da família em Sarnico e a famosa marca foram vendidos nos anos 1970 nos Estados Unidos ao banco de investimentos Whittaker, que por sua vez os vendeu à Rolls Royce em 1990, e esta à empresa italiana Ferretti, dez anos mais tarde.

O patriarca italiano se concentrou depois na comercialização e oferta de serviços, a partir do porto esportivo de Rapallo (perto de Gênova) com sua filha Maria Pia, enquanto que sua outra filha, Leah, se tornou a principal distribuidora de iates na Riviera francesa com base em Mônaco, Cannes e Saint-Tropez.

Powered by Rock Convert

A família Riva se encarrega também da recuperação e restauração de alguns dos 3.000 velhos barcos de madeira que ainda existem no mundo.

 

 

Carlo Riva morreu em 10 de abril de 2017, aos 95 anos.

“Era o mais grande de todos. O mundo perdeu um genial criador de barcos, um professor de estilo, um gigante da história industrial e de negócios da nossa Itália”, comentou Carlo Galassi, diretor da Ferretti, grupo que atualmente detém a marca Riva.

“Pessoalmente perco um professor, um exemplo de genialidade, de empenho e de amor pelo trabalho. Os barcos de Carlo Riva serão para sempre os mais belos do mundo, fonte de inspiração para todos nós que sentimos, forte, a responsabilidade de criar e levar para o futuro a mais importante marca da náutica mundial”, ressaltou Galassi.

A imprensa italiana prestou homenagem ao engenheiro e símbolo do “design made in Itália”, que morreu em sua casa em Sarnico, no lago de Iseo (norte da Itália), onde a empresa Riva chegou a fabricar embarcações de luxo em fibra de vidro.

“Adeus a Riva, sinônimo da Dolce Vita”; “Adeus ao rei do mar que construiu o mito de estrelas e atores”, noticiou a imprensa.

(Fonte: http://www.istoedinheiro.com.br – EDIÇÃO Nº 1013 – ECONOMIA – AFP – 11.04.17)

(Fonte: http://www.istoedinheiro.com.br – EDIÇÃO Nº 2469 – MUNDO – ANSA – 10.04.17)

Powered by Rock Convert
Share.