Burt Reynolds, ficou conhecido por filmes como “Amargo Pesadelo” (1972) e “Agarre-me se Puderes” (1977)

0

Burt Reynolds, ator de ‘Boogie Nights’ e ‘Amargo Pesadelo’

 

 

 

Burt Reynolds
(Foto: Dylan Martinez / Reuters)

 

Americano foi o protagonista de filmes como ‘Amargo Pesadelo’, ‘Agarra-me se Puderes’ e ‘Boogie Nights – Prazer sem Limites’

 

Ícone da masculinidade em Hollywood

 

 

 

Burton Leon Reynolds Jr. (Lansing, Michigan, 11 de fevereiro de 1936 – Júpiter, Flórida, 6 de setembro de 2018), ator, diretor e produtor cinematográfico norte-americano, ícone do cinema e da televisão dos EUA – e símbolo sexual dos anos 1970 e 80, famoso por filmes como “Amargo Pesadelo” e “Boogie Nights: Prazer Sem Limites” (1997), do qual foi indicado para o Globo de Ouro ao interpretar o diretor pornô Jack Horner, pelo qual também foi indicado a um Oscar de ator coadjuvante.

 

 

 

Burt Reynolds iniciou seu destaque em Hollywood em filmes como ‘Amargo Pesadelo’ e ‘Agarre-me se Puderes’, ambos lançados nos anos 1970.

Burton Leon Reynolds Jr era americano e nasceu na cidade de Lansing no estado de Michigan. Em 1998, ganhou um Globo de Ouro por seu papel como em “Boogie Nights” (1997).

 

 

 

O ator também foi estrela nas duas versões de “O Golpe Baixo”. Na primeira, em 1974, ele interpretava a estrela de futebol americano que é preso e se vê obrigado a jogar ao lado de outros condenados contra os guardas do presídio. Em 2005, esse papel ficou com Adam Sandler.

Reynolds também estrelou comédias românticas, como “Encontros e Desencontros” (1979), “A Melhor Casa Suspeita do Texas” (1982) e “Amigos Muito Íntimos” (1982).

 

 

Reynolds se tornou mais conhecido por seus papéis em filmes de ação – muitas vezes, dispensando o uso de dublês – e comédias românticas, como “Encontros e Desencontros (1979), “A Melhor Casa Suspeita do Texas (1982), “Amigos Muito Íntimos (1982) e “Meus Problemas com as Mulheres(1983).

O ator Burt Reunolds brilhou em muitos filmes de ação e em comédias românticas como “Starting Over (1979), ao contracenar com Jill Clayburgh (1944-2010) e Candice Bergen, em “A Casa Suspeita do Texas (1982) com Dolly Parton, em “Amigos Muito Íntimos” (1982).

 

 

 

Ignorado ou desprezado pela crítica e amado pelo público por seus personagens mulherengos bigodudos, Reynolds foi o ator mais rentável de Hollywood de 1978 a 1982 e chegou a ter quatro filmes seus sendo exibidos no circuito comercial americano ao mesmo tempo. Por causa dos personagens, também era considerado um sex symbol da época.

 

 

 

Ele é conhecido por filmes como “Amargo Pesadelo (1972) e “Agarre-me se Puderes (1977). O americano ganhou um Globo de Ouro por seu papel como um “rei do pornô em “Boogie Nights (1997).

Seu destaque ocorreu em 1997, quando atuou em “Boogie Nights: Prazer Sem Limites, longa-metragem dirigido por Paul Thomas Anderson. Ele levou um Globo de Ouro pela performance e foi indicado ao Oscar na categoria de melhor ator coadjuvante.

O ator também esteve nas duas versões de “O Golpe baixo. Na primeira, em 1974, ele interpretava a estrela de futebol americano que é preso e obrigado a jogar ao lado de outros condenados contra os guardas do presídio. Em 2005, esse papel ficou com Adam Sandler, e Reynolds viveu outro criminoso, treinador do time.

Além de diversos filmes de ação, o ator também estrelou muitas comédias românticas, como “Encontros e Desencontros (1979), “A Melhor Casa Suspeita do Texas (1982) e “Amigos muito íntimos (1982).

Apesar de não ser um dos favoritos da crítica, Reynolds conseguiu muito sucesso com o público. Tanto que foi o ator mais rentável de Hollywood todos os anos entre 1978 e 1982, um recorde repetido apenas por Bing Crosby nos anos 1940. Em 1978, ele tinha quatro filmes nos cinemas ao mesmo tempo.

Em entrevistas, ele lembrava “Amargo Pesadelo (1972), como um de seus melhores filmes. “Não sei se foi minha melhor atuação, mas é melhor filme de que já fiz parte. Provou que eu conseguia atuar, não só para o público, mas também para mim”, disse. Três meses antes da estreia do longa de John Boorman, o ator posou nu para uma edição da revista americana Cosmopolitan, que vendeu 1,5 milhão de exemplares.

 

O ator Burt Reynolds (Foto: Dylan Martinez|Reuters)

Conhecido por um gênio forte, é famoso o episódio em que demitiu seu agente após ver sua atuação em “Boogie nights (ele viria a perder o Oscar para Robin Williams, de “Gênio Indomável).

Apesar do sucesso da jogada de marketing, Reynolds se arrependeu da publicação posteriormente. “Foi um dos meus maiores erros”, disse em sua autobiografia. “Tenho certeza de que custou a Amargo Pesadelo o reconhecimento que merecia.” Criticada por uma cena de dez minutos de duração que mostrava um estupro, a produção foi indicada a três prêmios no Oscar, mas não levou nenhum.

 

O ator ficou também conhecido por dizer não a grandes papéis do cinema, como Han Solo (de Star Wars), que acabou com Harrison Ford, Garrett Breedlove (de Laços de Ternura), personagem que coube a Jack Nicholson, e John McClane (de Duro de Matar), que ficou com Bruce Willis.

 

 

Reynolds começou a carreira de ator depois que se machucou e não conseguiu dar continuidade ao seu plano de virar atleta profissional – chegou a ganhar uma bolsa de estudos na Florida State University como jogador de futebol americano. Fez pequenas participações em produções no final dos anos 1950, mas só estourou na década de 1970, quando estrelou Golpe Baixo (1974).

Continuava a fazer pequenas participações em filmes e séries, como Em Nome do Rei (2007), Meu Nome É Earl e Menina dos Olhos (2017). O ator estava escalado para participar de Once Upon a Time in Hollywood, filme de Quentin Tarantino com estreia prevista para o ano que vem.

 

 

Nos últimos anos, vinha sofrendo de problemas de saúde. Precisou passar por uma cirurgia no coração e se internou em uma clínica de reabilitação em 2008 para tratar vício em analgésicos contraído depois da operação. Também passou por dificuldades financeiras ao investir em um restaurante em Atlanta e um time esportivo que deram prejuízo.

Reynolds convivia com problemas de saúde desde 2010. Em 2015, em uma aparição na Wizard World Comic Con, realizada na Filadélfia, ele se mostrou mais magro e andava com o auxílio de uma bengala, o que preocupou os fãs.

Burt Reynolds morreu em 6 de setembro de 2018, de ataque cardíaco aos 82 anos, no Jupiter Medical Center, no sul da Flórida.

(Fonte: Zero Hora – ANO 55 – N° 19.187 – 7 de setembro de 2018 – TRIBUTO / MEMÓRIA – Pág: 27)

(Fonte: https://www.terra.com.br/diversao/cinema – DIVERSÃO / CINEMA / 6 SET 2018)

(Fonte: https://veja.abril.com.br/entretenimento – ENTRETENIMENTO / (Com EFE) / Por Redação – 6 set 2018)

(Fonte: https://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema – CINEMA / CULTURA / Por O Estado de S.Paulo – 06 Setembro 2018)

(Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2018/09/06 – CINEMA  / POP & ARTE / Por G1 – 06/09/2018)

Share.