A primeira mulher a assumir a presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG)

0
Powered by Rock Convert

Gilda Galeazzi, a primeira mulher a assumir a presidência do MTG

 

Gilda Galeazzi assume a presidência do MTG

A partir de 29 de janeiro, o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) tem à frente da presidência a primeira mulher. A candidata da chapa 2 ‘Fazer agora’, Gilda Galeazzi, 65 anos, foi empossada ao lado do vice-presidente de Administração e Finanças Cesar Oliveira, e demais integrantes do Conselho Diretor.

Embora a posse oficial ocorreu à noite, a presidente já despachou na sede do MTG, conforme postou em sua rede social. Gilda acrescenta, ainda, que na tarde teve encontro com o governador Eduardo Leite.

 

POSSE

 

Gilda Galeazzi é empossada presidente do MTG

 

O evento ocorreu no Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Sepé Tiarayú, em Porto Alegre, durante jantar/tertúlia da entidade. De acordo com o convite, via áudio do vice-presidente, a solenidade foi uma grande festa. “Vamos fazer uma grandiosa festa e justamente temos que fazer a festa da posse e desta luta em um CTG, porque nós falamos durante a campanha que a base de tudo são os CTGs”.

 

Oliveira acrescenta que a escolha do local – não desmerecendo nenhuma entidade – ocorre no Tiarayú pelo apoio da patroa Vera “que merece muito nosso aporte por ser uma mulher lutadora que esteve junto” destaca, e estende o convite a todos os patrões.

Entre as autoridades e tradicionalistas, a coordenadora da 24ª Região Tradicionalista, venâncio-airense Luce Carmen da Rosa Mayer confirmou participação na solenidade.

 

CANDIDATAS

 

Gilda Galeazzi concorreu com a candidata Elenir Winck, 62 anos, (chapa 1) durante Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado no início deste mês, em Lajeado, quando as duas candidatas empataram em 530 a 530 votos. O critério de desempate, pela comissão eleitoral, conforme artigo da Coletânea Tradicionalista, gerou impasse e uma liminar na Justiça suspendeu a posse de Elenir por conta do critério de idade, que levou em consideração um dos componentes da chapa 2.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Conheça Gilda Galeazzi

Gilda nasceu em Maraú e mora em Passo Fundo desde pequena. Passou a integrar o CTG Osório Porto aos 13 anos. Após, fez parte do CTG Fagundes dos Reis, no qual permanece até hoje. A trajetória em cargos de administração começou em 1996.

Ela foi eleita pela primeira vez coordenadora da 7ª região tradicionalista. Sendo a primeira mulher a ocupar o cargo. Porém, antes disso, já havia ocupado outras posições na área de eventos da entidade.

Durante nove anos, Gilda ficou à frente da 7ª região tradicionalista. Em 2015, saiu do cargo para ser secretária de Turismo, em Passo Fundo. No entanto, o amor pelo tradicionalismo fez com que em 2010, voltasse a ocupar a posição de coordenadora.

 

 

Relembre o Caso

Em 11 de janeiro, durante o 68º Congresso de Tradições Gaúchas, foram realizadas eleições para escolher a nova presidente do MTG. Pela primeira vez na história do movimento duas mulheres disputavam o cargo. Gilda Galeazzi e Elenir Winck, entraram para a história do tradicionalismo gaúcho. Porém, mais um fato inusitado chamou a atenção de todo o Estado. Ambas obtiveram 530 votos na eleição.

Com o resultado, a comissão eleitoral, ao consultar o estatuto do MTG, definiu que Elenir seria a vitoriosa. O critério utilizado, segundo a comissão, foi porque na chapa de Elenir havia um integrante com a idade mais avançada.

Entretanto, amigos e apoiadores de Gilda não concordaram com a decisão e recorreram à Justiça. Eles entenderam que o critério valeria para a candidata mais velha à presidência e não para todo o grupo. A juíza Carmen Luíza Rosa Constante Barghouti, de Lajeado, definiu no domingo (12), que não fosse feita a posse até que documentos e as argumentações de ambos os lados fossem apresentadas.

No dia 24 de janeiro, em nova ação impetrada em caráter de urgência, Gilda teve garantida a sua posse por meio judicial. O Judiciário levou em consideração o fato de que a requerente tem 65 anos e Elenir, 62. O pedido de Gilda foi acolhido, assim como determinada a posse imediata de sua chapa. Em 28 de janeiro, houve uma nova decisão judicial em favor de Gilda. A justiça determinou o cumprimento imediato da ordem judicial, que garantia sua posse como a nova presidente do MTG.

 

(Fonte: https://informativo.com.br/geral – GERAL / Gilda Galeazzi é empossada presidente do MTG / Por Mônica da Cruz – 31 de Janeiro de 2020)

(Fonte: https://folhadomate.com/opiniao/colunistas/cultura-gaucha – OPINIÃO / CULTURA GAÚCHA / Por Beatriz Colombelli – 29/01/2020)

Powered by Rock Convert
Share.