A originalidade é impossível. No máximo, podemos variar muito ligeiramente…

0
Powered by Rock Convert

“A originalidade é impossível. No máximo, podemos variar muito ligeiramente o passado, dar-lhe um novo matiz, uma nova entonação. Cada geração escreve o mesmo poema, conta o mesmo conto. Com uma pequena diferença: a voz.”

Jorge Luis Borges (1899-1986), escritor argentino, autor de O Aleph e O Fazedor, entre outros.

(Fonte: Super Interessante – ANO 11 – Nº 6 – Junho de 1997 – Dito & Feito – Pág; 106)

Share.