“A areia do tempo escorre de entre meus dedos/ Ai que medo de amar!” Vinicius de Moraes (1913-1980), poeta, compositor e diplomata carioca.

0
Powered by Rock Convert

A areia do tempo escorre de entre meus dedos/ Ai que medo de amar!

Vinicius de Moraes (1913-1980), poeta, compositor e diplomata carioca.

(Fonte: Revista Caras – 16 de dezembro de 2010 – ANO 17 – EDIÇÃO 893 – Citações)

Share.