René Houseman, ex-atacante da seleção argentina e campeão da Copa do Mundo de 1978

0
Powered by Rock Convert

Camisa 9 da Argentina no Mundial de 78

 

Houseman ao lado de Passarella em 2013 — (Foto: REUTERS/Enrique Marcarian)

 

 

Além do título da Copa de 1978, Houseman foi bem no River e Independiente

 

René Orlando Houseman (La Banda, 19 de julho de 1953 – Buenos Aires, 22 de março de 2018), ex-atacante e integrante da equipe que conquistou a Copa do Mundo de 78. Considerado um dos melhores alas da história do futebol argentino, Houseman tornou-se ídolo no país após conquistar o Mundial disputado em 1978.

 

Camisa 9 da Argentina no Mundial de 78, Houseman jogou também a Copa de 74, na Alemanha. O atacante disputou 55 partidas pela seleção, sendo 12 em Copas. E marcou quatro gols na competição. Três em 74 e o quinto tento argentino na polêmica vitória por 6 a 0 sobre o Peru, que garantiu a classificação da equipe para a decisão de 78, contra a Holanda.

Com passagens pelo Huracán, River Plate, Colo-Colo (Chile) e Independiente, Houseman tinha o apelido de “El Loco”, por sua rebeldia.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Carreira

 

Nascido em 1953, Houseman começou a carreira no Defensores de Belgrano, aos 18 anos, em 1971. Com 20, foi para o Huracán e a boa fase na equipe lhe valeu a convocação para a Copa do Mundo de 1974, onde participou de seis jogos.

 

El Loco passou ainda por River Plate, Colo Colo-CHI e Independiente. No clube de Avellaneda, inclusive, conquistou a Copa Libertadores e o Mundial de 1984.

Na seleção argentina de 1978 treinada por Daniel Passarella, René Houseman alcançou a glória a nível internacional. Ao todo, foram 55 partidas e 13 gols pela seleção. Naquela Copa, ele fez o quinto gol da vitória por 6 a 0 sobre o Peru, que colocou os anfitriões na final.

Após pendurar as chuteiras, sofreu com o alcoolismo. No final de 2017, descobriu a existência de um câncer na língua. Em janeiro, uma imagem do ex-jogador, muito magro e aparentando estar debilitado, sentado em um meio-fio, aguardando para assistir a um jogo do Huracán, chamou a atenção da imprensa argentina.

René Houseman faleceu aos 64 anos, de complicações causadas por um câncer.

Parceiro de Houseman na seleção argentina, Diego Maradona prestou homenagem ao amigo em texto publicado em uma rede social.

– Fui amigo do verdadeiro René Houseman e desfrutei do seu futebol. Descanse em paz Loco.

(Fonte: https://globoesporte.globo.com/blogs/memoria-ec/post/2018/03/22 – MEMÓRIA / Por GloboEsporte.com — Buenos Aires – 22/03/2018)
(Fonte: https://esporte.ig.com.br/futebol/internacional/2018-03-22 – FUTEBOL / INTERNACIONAL / Por iG São Paulo – 22/03/2018)
Powered by Rock Convert
Share.