Pela primeira vez havia, no país, uma região em que predominava os homens livres

0
Powered by Rock Convert

ASPECTOS POLÍTICOS DO RIO GRANDE DO SUL

Os primeiros republicanos entram no Partido Liberal para se elegerem deputados. Apenas em 1878 é fundado o Clube Republicano de Porto Alegre e a distância entre os republicanos e liberais se aprofunda na medida em que se aproxima o final da década.

O primeiro governador do Estado, Walter Jobim, do PSD, derrota o candidato do PTB, Alberto Pasqualini, inaugurando uma alternância no poder, entre os blocos polarizados pelo PTB e antiPTB, que se prolongará até as últimas eleições diretas para a direção do executivo gaúcho, ainda no sistema multipartidário.

HISTÓRICOS:

· 1501- Caravelas portuguesas, primeiro e logo as espanholas começavam a aparecer nas costas gaúchas, mas sem desembarque, porque as praias eram perigosas e não havia portos naturais.

· 1531- Os navegantes portugueses Martim Afonso de Souza e Pero Lopes, sem desembarcar nas praias gaúchas, batizam com o nome de Rio Grande de São Pedro a barra que vai permitir mais tarde a passagem de navios do Oceano Atlântico para a Lagoa dos Patos.

· 1626- Os padres jesuítas Roque Gonzalez de Santa Cruz, nascido no Paraguai, atravessa o rio Uruguai e funda o povo de São Nicolau, assinalando oficialmente a chegada do homem branco ao território gaúcho.

· 1634- O padre jesuíta Cristobal de Mendoza Orellana (Cristóvão de Mendoza) introduz gado nas Missões Orientais, o que vai justificar mais tarde o surgimento do gaúcho.

· 1641- Os jesuítas são expulsos do Rio Grande do Sul pelos bandeirantes, depois de fundarem 18 reduções ou povos.

· 1682- Os bandeirantes estão ocupados com o ouro e as pedras preciosas das Gerais, esquecendo os nossos índios. Entre 1682 a 1701 eles fundaram 8 povos em territórios gaúchos, dos quais 7 prosperaram que se tornaram os 7 povos das Missões: São Francisco de Borja, São Nicolau, São Luiz Gonzaga, São Miguel Arcanjo, São Lourenço Martin, São João Batista, Santo Ângelo Custódio.

· 1750- Assinado o Tratado de Madri entre Espanha e Portugal.

· 1756- A 7 de fevereiro morre em uma escaramuça o índio José Tiaraju, o Sepé.

oexploradorPowered by Rock Convert

· 1763- Tropas espanholas invadem o Brasil, apoderando-se do Forte de Santa Tereza e da cidade de Rio Grande e São José do Norte.

· 1776- Os espanhóis são expulsos do Rio Grande. Mas o forte de Santa Tereza jamais foi recuperado. Hoje esta em território uruguaio.

· 1780- Vindo do Ceará, o português José Pinto Martins funda em Pelotas a primeira charqueada com característica empresariais.

· 1811- Pedro José Vieira, vulgo “Perico, el Bailarín”, que era gaúcho de Viamão, acompanhado pelo uruguaio Venâncio Benavidez dá o Grito de Asencio, que é o primeiro grito da independência do Uruguai. Surge o grande herói uruguaio “José Artigas”.

· 1815- Tropas brasileiras e portuguesas tomam Montevidéu anexando o Uruguai ao Brasil com o nome de Província Cisplatina.

· 1824- Em 18 de julho desembarcam em Porto Alegre os primeiros 39 colonos alemães. A 25 de julho eles se instalam nas margens do rio dos Sinos, na Real Feitoria do Linho Cânhamo, hoje a cidade de São Leopoldo.

· 1835- Explode a Revolução Farroupilha em 20 de setembro os revolucionários comandados por Bento Gonçalves tomam Porto Alegre, capital da Província. As causas são políticas, econômicas, sociais e militares.

· 1836- A 11 de setembro o coronel farroupilha Antônio de Souza Neto, depois da estrondosa vitória sobre as forças imperiais brasileira no Seival, proclama a República Rio- Grandense.
A história do Rio Grande do Sul começou bem antes da efetiva ocupação de seu território pelos portugueses.

Em 1740 chegou à região do atual Rio Grande do Sul o primeiro grupo organizado de povoadores. Vindos da ilha dos Açores, contavam com o apoio oficial do governo, que pretendia que se instalassem na vasta área onde anteriormente estavam situadas as Missões.

Posteriormente, em 1780, um fato iria reforçar ainda mais o caráter rural da vida do atual Estado. Foi criada a primeira charqueada comercial em Pelotas.

Os primeiros imigrantes que chegaram foram os alemães, em 1824. Primeiramente introduziram o artesanato, depois laços comerciais com seus países de origem. Pela primeira vez havia, no país, uma região em que predominava os homens livres, que viviam de seu trabalho, e não da exploração do trabalho alheio.

(FONTE: APOSTILA TÉCNICA DE ENFERMAGEM UNICRUZ – RS)

Powered by Rock Convert
Share.