Drazan Jerkovic, defendeu a seleção iugoslava no Mundial do Chile, jogou pelo Dínamo Zagreb, e é considerado um dos mais importantes jogadores da história croata

0
Powered by Rock Convert

Jerkovic, artilheiro da Copa do Mundo de 1962

 

Foi um símbolo futebolístico da Iuguslávia de Tito

 

 

Drazan Jerkovic (Šibenik, 6 de agosto de 1936 – Zagreb, 9 de dezembro de 2008), ex-jogador croata, foi um dos artilheiros da Copa do Mundo de 1962.

 

O atacante Jerkovic foi um dos seis artilheiros que teve a Copa de 1962, foi vice campeão da Eurocopa de 1960, e dois anos mais tarde, ficou em quarto lugar na Copa do Mundo do Chile.

 

O atacante, que defendeu a seleção iugoslava no Mundial do Chile, jogou pelo Dínamo Zagreb entre 1954 e 1965, e é considerado um dos mais importantes jogadores da história croata.

 

Pela seleção iugoslava, ele disputou 21 jogos e marcou 11 gols, entre eles os quatro que o colocaram na artilharia da Copa de 1962, ao lado dos brasileiros Vavá e Garrincha, do chileno Leonel Sanchez, do húngaro Florian Albert e do soviético Valentin Ivanov.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Além da artilharia dividida, Jerkovic foi considerado o melhor atacante do Mundial. A Iugoslávia terminou a Copa na quarta colocação, depois de perder para a República Checa na semifinal e para os anfitriões chilenos na disputa do terceiro lugar.

 

Depois de encerrar a carreira como jogador, Jerkovic foi técnico da seleção iugoslava campeã dos Jogos Mediterrâneos de 1971. No início dos anos 90, tornou-se o primeiro técnico da seleção croata, após a independência do país.

 

Em duas oportunidades, a Federação Yugoslava enviou  uma petição a FIFA para que lhe dessem  um quinto gol na copa do Chile, e assim lhe deixar como artilheiro exclusivo. A queixa surgiu em um  5-0 sobre Colombia.

Segundo o informe oficial e os meios de comunicação, este jogador fez  os dois primeiros gols; o terceiro e o quinto foram de Milan Galic e o quarto, de Vojislav Melic. Para os balcãnicos, as imagens do jogo clarificavam que o terceiro gol era obra de Jerkovic, reclamação que foi acolhida pela la FIFA, que não  as ratificou.

 

Drazan Jerkovic faleceu em 9 de dezembro de 2008, em Zagreb, aos 72 anos, após sofrer uma parada cardíaca.

(Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/superesportes/2008/12/10 – SUPERESPORTES – 10/12/2008)

(Fonte: http://globoesporte.globo.com/platb/conexaogontijo/2008/12/16 – por Alexandre Gontijo – 16/12/08)

2000-2015 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Powered by Rock Convert
Share.