Rubens Resstel, general-de-brigada, colega do marechal Humberto Castelo Branco no Golpe de 1964

0
Powered by Rock Convert

Rubens Resstel, general-de-brigada, colega do marechal Humberto Castelo Branco no Golpe de 1964 – para a derrubada do então presidente João Goulart.
Após ter sido declarado aspirante-a-oficial na Escola Militar do Realengo, no Rio de Janeiro, escolheu como missão integrar a FEB na II Guerra Mundial (1939-1945). Resstel operava um rádio em Montese quando um oficial superior se aproximou. Era o tenente-coronel Castelo Branco, chefe de Operações do Estado-Maior da FEB, que lhe pediu o aparelho para analisar o combate. Ali, nasceu a amizade que uniu os dois oficiais.
Em 1961, quando civis e militares de São Paulo chegaram a conclusão de que a situação do país ficaria insutentável com o governo Goulart, ingressou no movimento que culminou com o Golpe de 1964. Após a implantação da ditadura, Resstel recusou duas vezes o convite para servir no Gabinete Militar do governo. Entrou para a reserva em 1979. Morreu no dia 23 de julho de 2008, no Hospital Militar de São Paulo, aos 88 anos, vítima de problemas cardíacos.

oexploradorPowered by Rock Convert

(Fonte: Zero Hora – Ano 45 – N° 15.669 – Obituário – 24 de julho, 2008 – Pág; 53)

Powered by Rock Convert
Share.