“Quando escrevi como o fato ficou impresso na minha memória, o trauma meio que desencantou. (…) Apesar de ter sido uma, não me enquadro no papel de vítima.” RITA LEE, cantora e compositora, comentando, na Folha de S.Paulo, a passagem da autobiografia, lançada em novembro, em que narra um estupro que sofreu na infância

0
Powered by Rock Convert

Quando escrevi como o fato ficou impresso na minha memória, o trauma meio que desencantou. (…) Apesar de ter sido uma, não me enquadro no papel de vítima.”

RITA LEE, cantora e compositora, comentando, na Folha de S.Paulo, a passagem da autobiografia, lançada em novembro, em que narra um estupro que sofreu na infância

(Fonte: Veja, 9 de novembro de 2016 – ANO 49 – Nº 45 – Edição 2503 – Veja Essa – Editado por Rinaldo Gama – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 36/37)

Share.