Philip Leacock, dirigiu “O Jardineiro Espanhol”, estrelado por Dirk Bogarde; “Pecadores Inocentes”, com Flora Robson e “A Armadilha do Coelho”, com Ernest Borgnine

0
Powered by Rock Convert

Philip Leacock, diretor de filmes e dramas para TV

 

Philip David Charles Leacock (Londres, Reino Unido, 8 de outubro de 1917 – Londres, 14 de julho de 1990), diretor de cinema e televisão.

 

Leacock, nascido na Grã-Bretanha, que fez documentários antes de filmar longas-metragens, teve seu primeiro sucesso em 1950 com “Os Sequestradores”, um filme de família ambientado na Nova Escócia. Ele também dirigiu “O Jardineiro Espanhol”, estrelado por Dirk Bogarde; “Pecadores Inocentes”, com Flora Robson e “A Armadilha do Coelho”, com Ernest Borgnine.

 

No início dos anos 60, ele se mudou para Hollywood, onde fez “The War Lover”, estrelado por Steve McQueen, baseado no romance de John Hersey (1914-1993) sobre um piloto da Segunda Guerra Mundial.

 

Episódios de TV dirigidos

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Outros filmes de Leacock foram “Dê um Passo Gigante”, sobre o encontro de jovens negros com racismo e “Não deixe ninguém escrever meu epitáfio”, sobre o vício em drogas juvenil.

 

Ele também dirigiu episódios de “Gunsmoke”, “Route 66”, “The Waltons” e “The Defenders”. Ele se aposentou em 1987, depois de dirigir um drama televisivo de três partes sobre a caça da bruxa de Salem, “Três Soberanos para a Irmã Sarah”, estrelado por Vanessa Redgrave.

 

O primeiro casamento de Leacock terminou em divórcio. Em 1959, ele se casou com Carolyn Slater.

 

Philip Leacock faleceu em 14 de julho de 1990 enquanto passava férias em Londres com sua família. Ele tinha 72 anos e morava em Pacific Palisades, Califórnia.

(Fonte: The New York Times Company – TRIBUTO / MEMÓRIA / Por AP – 21 de jul. de 1990)

© 2020 The New York Times Company

Powered by Rock Convert
Share.