O primeiro carro fabricado na China

0

Retrovisor: Dongfeng CA71 foi o primeiro carro feito na China

A apresentação do protótipo aconteceu em maio de 1958

 

Dongfeng CA71, o primeiro protótipo de um carro chinês, apresentado em maio de 1958 – Reprodução

 

A China é hoje é o maior produtor mundial de veículos: são 28 milhões de carros, caminhões e ônibus por ano (os EUA, segundo lugar no ranking, fabricam 17 milhões/ano). O nascimento dessa potência automobilística foi acompanhado pelo GLOBO.

Em 11 de maio de 1957, a seção de Economia reportava os avanços do governo Mao Tsé-Tung: “O Conselho de Estado da China informa que certas indústrias já ultrapassaram as metas de produção que deviam ser atingidas no fim do corrente Plano Quinquenal, em dezembro. (…) Desde 1953, mais de mil novos produtos começaram a ser feitos, inclusive caminhões (…)”.

 

 

FAW Jiefang CA-10, o primeiro caminhão chinês, lançado em 1956 – (Reprodução)

 

 

Essa pioneira fábrica de veículos foi a estatal First Automobile Works (FAW), que começara a produzir na cidade de Changchun, em 1956, o caminhão Jiefang CA-10 — versão local do soviético ZIS-150.

Empolgado com a industrialização, Mao perguntou durante uma reunião do politburo central do Partido Comunista da China: “Quando poderemos usar nossos próprios carros para vir a este encontro?” Era uma missão para os trabalhadores da FAW.

O protótipo começou a ser construído em junho de 1957, em um exercício de engenharia reversa. Um Simca Vedette foi importado da França para servir como referência de estilo e proporções. Já o motor de quatro cilindros e 1,9 litro foi copiado dos confiáveis Mercedes 180 (geração W120). O câmbio de três marchas foi projetado pela própria FAW.

Tudo foi feito artesanalmente nas oficinas de Changchun e recebeu toques locais: luzes traseiras imitando antigas lanternas chinesas, forrações de seda, inscrições “Primeira fábrica de Automóveis da China” nos para-lamas e, enfeitando o capô, um dragão dourado.

 

Mao Tsé-Tung (penúltimo da esquerda para a direita), ao lado de engenheiros da FAW, observa o protótipo Dongfeng CA71 em maio de 1958 – Reprodução

 

 

O próprio Mao Tsé-Tung aparece nas fotos de apresentação do protótipo, batizado de Dongfeng CA71 — “Dongfeng” significa Vento do Leste; o “CA” era sigla de China Automobile, o “7” era código para carro de passeio e o “1” se referia à primeira geração.

Em 31 de maio de 1958, a notícia (com foto) saiu no alto da coluna de automóveis do GLOBO: “Das usinas de Changchun, saiu o primeiro carro jamais fabricado na China, no último dia 12. O automóvel, que recebeu o poético nome de Vento do Este, foi mostrado em brilhante côr vermelha, carroçaria bem desenhada e um dragão sobre o radiador, como que para identificar seu país de origem, e tem todo o luxo possível (rádio, ar quente e frio etc). Capaz de atingir 128km/h com seus 70bhp, o carro pesa 1.230kg e tem um consumo de 9 a 10 litros para cem quilômetros”.

 

Depois de 30 protótipos, contudo, o projeto Dongfeng CA71 foi descartado e a tarefa de fazer automóveis para servir como carros oficiais ou táxis foi repassada à Shanghai Automotive.

 

 

No fim, o projeto Dongfeng CA71 foi abortado e a FAW dedicou-se à produção de caminhões, além das limusines Hongqi (Bandeira Vermelha) – Reprodução

 

 

A FAW voltou-se à produção de caminhões, bem como das enormes limusines Hongqi (Bandeira Vermelha), concebidas para desfiles em paradas militares ou para o transporte de autoridades estrangeiras.

Já o nome Dongfeng passou a batizar outra fábrica de veículos. Apenas nos anos 90 é que o mercado de carros de passeio na China começou, realmente, a ganhar impulso.

(Fonte: https://oglobo.globo.com/economia/carros – ECONOMIA – CARROS / POR JASON VOGEL – 04/04/2018)

Share.