Mas o amor é cego e os amantes não conseguem ver as graciosas…

0
Powered by Rock Convert

(“mas o amor é cego e os amantes não conseguem ver as graciosas loucuras que eles mesmos cometem”)

Expressão “o amor é cego”, tão conhecida e tão repetida em todas as línguas foi criada por Shakespeare em O Mercador de Veneza, escrita em 1596.

(Fonte: Zero Hora – ANO 46 – Nº 15.957 – Hoje na História – Almanaque Gaúcho/ Por Olyr Zavaschi – 10 de maio de 2009 – Pág; 54)

Share.