Maior constelação de estrelas do jazz de todos os tempos

0
Powered by Rock Convert

Billy Eckstine (1914-1993), cantor americano. Nasceu em Pittsburgh. A decisão de colocar sua poderosa voz de barítono a serviço das baladas melosas, que o tornaram o primeiro cantor negro a liderar as paradas de sucesso e a fazer frente a Frank Sinatra, foi irreversível divisor de águas na trajetória do grande vocalista romântico dos anos 50. Ao assumir a carreira solo e ganhar muito dinheiro com I Apologize, My Destiny ou My Foolish Heart, entre outros clássicos, Mr.B não estava traindo o seu memorável passado jazzista, mas fazendo uma escolha da qual nunca chegou a se arrepender. Mesmo criticado pelos puristas do jazz, seu currículo sempre esteve acima da ciumeira banal.
Entre 1944 e 1947, Eckstine liderou uma banda que reunia a maior constelação de estrelas do jazz de todos os tempos. Ao lado de Charlie Parker, Dizzy Gillespie, Art Blakey, Dexter Gordon, Miles Davis, Fats Navarro e Sarah Vaughan, Eckstine foi um dos precursores do bebop.
O fracasso comercial da banda, que enfrentou uma crise do acetato no mercado, e ainda tinha “monstros” demais para dar certo, o empurrou rumo à carreira de cantor, que, como Billy gostava de justificar, garantiu o pagamento do aluguel e o sustento de seus sete filhos. Morreu no dia 8 de março, aos 78 anos, em conseqüência de um derrame, em Pittsburgh.

oexploradorPowered by Rock Convert

(Fonte: Rev Veja, 17 de março, 1993–Ano 26–Nº 11–Ed. 1279– DATAS – Pág; 93)

Powered by Rock Convert
Share.