Ivano Beggio, foi fundador da marca italiana Aprilia, que hoje é controlada pelo Grupo Piaggio desde 2004, assim como a Vespa e Moto Guzzi

0
Powered by Rock Convert

Ivano Beggio, ex-dono da Aprilia

Empresário transformou fábrica de bicicletas em uma das principais montadoras de motos do mundo. Aprilia também foi “berço” de Valentino Rossi.

 

 

 

Ivano Beggio (Rio San Martino, 31 de agosto de 1944 – Montebelluna, 13 de março de 2018), ex-presidente e dono da montadora de motos Aprilia.

 

Ivano Beggio foi fundador da marca italiana Aprilia, que hoje é controlada pelo Grupo Piaggio desde 2004, assim como a Vespa e Moto Guzzi.

 

Beggio, começou em 1975, uma pequena produção de motocicletas de competição, vencendo o campeonato italiano de motocross nas categorias de 125 e 250 cm³.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Logo, na década de 1980 a Aprilia, que antes produzia bicicletas entrou de cabeça na fabricação de motos e scooters de baixa capacidade cúbica e assim se seguiu até 1998, com o lançamento da RSV Mille, a primeira incursão da marca entre as motos maiores.

 

Apaixonado pelo motociclismo, Beggio nasceu na província de Treviso, em 1944. Ao lado de seu pai, transformou uma pequena fábrica de bicicletas em produtora de motos e scooters.

Em 1985, a Aprilia começou a competir mundialmente na motovelocidade, com motos de 250 cm³ e foi responsável por descobrir talentos venerados até hoje no motociclismo, como Max Biaggi, Casey Stoner, Alvaro Bautista, Loris Capirossi, Marco Melandri, o saudoso Marco Simoncelli e o próprio Valentino Rossi.

Em 2000, a Aprilia adquiriu as marcas Moto Guzzi e Moto Laverda para, em 2004, ser vendida ao grupo Paiggio. Beggio continuou como presidente honorário até 2006.

“Berço” de Valentino Rossi

 

Além do sucesso nas ruas, a marca foi responsável por revelar pilotos importantes na motovelocidade, como Max Biaggi e Valentino Rossi, que conquistou os mundiais de 125 cc (1997) e 250 cc (1999) pela fabricante.

Ivano Beggio faleceu aos 73 anos em 13 de março de 2018. A própria marca, que agora é integrante do grupo Piaggio, fez o anúncio em seu site.

“Hoje nos despedimos de um empresário que, com criatividade, imaginação e paixão, deu origem a uma extraordinária história italiana”, comunicou a Aprilia.

Ele foi levado a um hospital em Montebelluna, no norte da Itália, e teve complicações e acabou falecendo, disse a agência Ansa.

“Ivano Beggio fez parte da minha vida como atleta e foi uma espécie de pai pra mim nas corridas. Ele me deu sua confiança e uma moto competitiva quando eu era pouco mais do que um garoto”, disse o piloto Max Biaggi. O legado de Beggio está mais vivo do que nunca na motovelocidade, com o retorno da Aprilia para a categoria máxima do Mundial, a MotoGP, em 2017.

 

O CEO da Piaggio, Roberto Colannino, também lamentou a morte do fundador. “Ivano Beggio teve sucesso em combinar a coragem de um empreendedor com criatividade e uma paixão genuína por motocicletas. Ele era um visionário à frente de seu tempo e criou, praticamente do nada, uma das mais brilhantes histórias na indústria italiana de motocicletas”, disse o executivo. Uma grande perda para o motociclismo mundial.

(Fonte: https://g1.globo.com/carros/motos/noticia – CARROS / MOTOS / NOTÍCIA – 13/03/2018)

(Fonte: https://www.motociclismoonline.com.br/noticias – NOTÍCIAS / Por: Carlos Bazela – 13/03/2018)

Powered by Rock Convert
Share.