Herbert Asbury, autor de “As Gangues de Nova York”, uma história informal do submundo nova-iorquino

0
Powered by Rock Convert

Herbert Asbury (Farmington, Missouri, 1º de setembro de 1889 – Nova York, 24 de fevereiro de 1963), jornalista e escritor

No livro “As Gangues de Nova York” o autor chamou-o de “história informal” do submundo nova-iorquino. Seu objetivo não era teorizar sobre a criminalidade, mas simplesmente narrar “os feitos mais espetaculares do cidadão rebelde”.

 

As Gangues De Nova York (Herbert Asbury) – (Foto: Divulgação)

 

Publicado originalmente em 1928, “As Gangues de Nova York” traz uma infinidade de dados curiosos sobre a cidade e os bandidos que a aterrorizaram entre o começo do século XIX e o começo do século XX.

Enfoca a história de Nova York desde os anos 1840 até 1863, ano marcado por tumultos sangrentos por causa do recrutamento obrigatório. Nesse período, os limites entre o gangsterismo e a política eram bastante indistintos.

oexploradorPowered by Rock Convert

Os dois principais partidos políticos, o Tammany Hall e o Native Americans, usavam as gangues para a pilhagem do dinheiro público e a conquista do controle de Manhattan.

O cineasta Martin Scorsese inspirou-se na obra para criar seu filme. O livro foi usado como ponto de partida para um filme do mesmo nome, estrelado por Leonardo DiCaprio, Cameron Diaz e Daniel Day-Lewis.

 

Gangs of New York

Cartaz do filme Gangues de Nova York (Foto: Divulgação)

 

O escritor argentino Jorge Luis Borges também era fã dela. Mencionou-a num de seus contos, “O Provedor de Iniquidades Monk Eastman”, que serve de prefácio.

(Fonte: Veja, 2 de outubro de 2002 – ANO 35 – Nº 39 – Edição 1771 – Veja recomenda – Pág: 140)

(Fonte: https://www.estantevirtual.com.br – As Gangues de Nova York)

Powered by Rock Convert
Share.