Foi o primeiro técnico negro a ganhar um título de basquete na Liga Universitária dos EUA

0
Powered by Rock Convert

Foi o primeiro técnico negro a ganhar um título de basquete na Liga Universitária dos EUA

 

Ex-técnico do Georgetown e da Seleção de 1988, mentor de estrelas da NBA

 

Bicampeão pelo Boston Celtics e lenda do basquete universitário. (Foto: DIREITOS RESERVADOS)

 

John Robert Thompson (Washington, 2 de setembro de 1941 – Condado de Arlington, Virgínia, 30 de agosto de 2020), ex-jogador do Boston Celtics e renomado treinador de basquete universitário, que trabalhou com ídolos da NBA como Patrick Ewing e Alonzo Mourning, foi uma figura lendária no basquete universitário dos Estados Unidos e o primeiro treinador negro a ganhar um título da NCAA (Liga Universitária dos Estados Unidos) com o Georgetown Hoyas em 1984, Patrick Ewing era o destaque do time naquele ano. Dentro das quadras, jogou duas temporadas na NBA e ganhou títulos como reserva do Boston Celtics.

 

O ex-jogador do Boston Celtics e renomado treinador comandou em 27 temporadas o basquete universitário da Universidade de Georgetown, dos Estados Unidos (NCAA).

 

Em 1988, ele liderou a equipe dos Estados Unidos nas Olimpíadas de Seul, a última formada apenas por jogadores universitários. O time foi eliminado nas semifinais pela União Soviética e conquistou a medalha de bronze.

 

Em 1988, Thompson foi o técnico da equipe dos Estados Unidos que disputou as Olimpíadas de Seul, a última formada apenas por jogadores universitários. Seu time foi eliminado nas semifinais pela União Soviética e depois conquistou a medalha de bronze.

‘Big John’, como era conhecido, recrutou mais de 20 jogadores que se juntaram à NBA e quatro que – como ele – estão no Hall da Fama. Allen Iverson, que brilhou durante uma década no Philadelphia 76ers, foi dos jogadores que prestou homenagens nas redes sociais, ele agradeceu ao treinador por salvar sua vida.

Thompson, que jogou duas temporadas na NBA e ganhou títulos como reserva do Boston Celtics, assumiu o comando da equipe universitária de Georgetown, em sua cidade natal, Washington, em 1972.

 

‘Big John’ transformou o programa de basquete daquela universidade, então de pouco prestígio, até se tornar campeão do torneio universitário nacional (NCAA) em 1984, com Patrick Ewing como principal destaque do time. Além de Ewing, que seria escolhido em primeiro lugar no draft da NBA e se tornaria uma lenda do New York Knicks, Thompson formou três outros jogadores que acabariam entrando no Hall da Fama: Dikembe Mutombo, Alonzo Mourning e Allen Iverson.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Em 1999, Thompson também foi introduzido no Hall da Fama e deixou o cargo de treinador de Georgetown, sendo substituído em 2004 por seu filho John Thompson III, que ficou por mais 13 anos.

 

John Thompson teve uma passagem curta, mas vitoriosa pelo Boston Celtics. Após defender Providence por quatro anos no basquete universitário, Thompson foi recrutado pelo Alviverde na 25ª escolha geral do 1964 NBA Draft. Escolhido pelo lendário treinador Red Auerbach para ser o reserva imediato do pivô Bill Russell, um dos maiores ídolos da história celta, Thompson disputou 74 jogos pelo Celtics, registrando médias de 3.5 pontos e 3.5 rebotes. Depois de conquistar dois títulos da NBA por Boston nas temporadas de 1965 e 1966, o jovem pivô se aposentou aos 25 anos e virou treinador.

 

Discreto como jogador, John Thompson se tornou uma lenda no comando de Georgetown Hoyas, cargo que assumiu em 1972, após seis anos comandando o St. Anthony High School. Thompson conquistou 596 vitórias em Georgetown e chegou a três finais da NCAA, sendo o primeiro técnico negro a faturar o título nacional em 1984. O treinador também recrutou e treinou futuros membros do Hall da Fama, como Patrick Ewing, Alonzo Mourning, Dikembe Mutombo e Allen Iverson. Depois de se aposentar como técnico, Thompson trabalhou como comentarista de basquete no rádio e na televisão, com destaque para a passagem pela TNT.

 

Thompson faleceu em 30 de agosto de 2020, aos 78 anos, em Condado de Arlington, Virgínia.

– Obrigado por salvar minha vida, meu treinador. Vou sentir sua falta, mas tenho certeza que você está nos olhando com um grande sorriso. Eu daria qualquer coisa por mais um telefonema seu apenas para ouvi-lo dizer, “Ei MF”, então conversaríamos sobre tudo, exceto basquete … – escreveu o jogador que é considerado o quinto maior armador de todos os tempos e membro do Hall da Fama desde 2016.

– Nosso pai foi uma inspiração para muitos e dedicou sua vida ao desenvolvimento dos jovens, não apenas dentro, mas, o mais importante, fora da quadra de basquete. Ele é reverenciado como um líder histórico do esporte, dedicado ao bem-estar de sua comunidade acima de tudo – disse a família em um comunicado.

(Fonte: https://globoesporte.globo.com/basquete/noticia – BASQUETE / NOTÍCIA / por Redação do ge — Washington, EUA- 

(Fonte: https://istoe.com.br – EDIÇÃO Nº 2642 – ESPORTES / Por AFP – 31/08/2020)

(Fonte: https://celticsbrasil.com.br – Bicampeão pelo Boston Celtics e lenda do basquete universitário, John Thompson / Por Gustavo Arruda)

(Fonte: Zero Hora – ANO 57 – N° 19.804 – 1° SETEMBRO 2020 – ESPORTES / BASQUETE / TRIBUTO / MEMÓRIA – Pág: 29)

Powered by Rock Convert
Share.