Foi o primeiro prefeito de Curitiba eleito pelo voto popular

0
Powered by Rock Convert

Ney Braga (Lapa (PR), em 25 de julho de 1917 – Curitiba (PR), 16 de outubro de 2000), ministro da Educação e Cultura, que foi governador do Paraná e ministro em dois governos do regime militar.

General-de-Brigada, Ney Aminthas de Barros Braga foi o primeiro prefeito de Curitiba eleito pelo voto popular.

Em sua primeira gestão como governador, adotou um programa de industrialização para o Paraná. Ele também construiu a Estrada do Café, que serviu para escoar a produção agrícola e ligar Curitiba a cidades do interior.

Seu último cargo público foi o de presidente do Conselho de Administração da Copel (Companhia de Energia do Paraná).

SAIBA QUEM FOI

Ney Braga foi ministro durante governo militar

Ney Aminthas de Barros Braga nasceu em Lapa (PR), em 25 de julho de 1917. Iniciou sua carreira política em 1952, quando o então governador do Paraná, Bento Munhoz da Rocha Neto, seu cunhado, o nomeou chefe de polícia do Estado, cargo que ocupou até 1954, quando se candidatou a prefeito de Curitiba, pelo PL (Partido Libertador).

oexploradorPowered by Rock Convert

Foi deputado federal pelo PDC, que ajudou a fundar no Estado. Apoiado por setores da UDN e identificando sua candidatura com a de Jânio Quadros à Presidência, foi eleito governador em 1960. Em 1965, tomou posse como ministro da Agricultura no governo Castello Branco. Eleito senador em 1966, foi vice-líder da Arena (Aliança Renovadora Nacional) em 1973.

Com a ida do general Ernesto Geisel para a Presidência da República, em 1974, ao qual Braga havia dado seu apoio, foi nomeado ministro da Educação e Cultura. Em fins de 1978, no governo Figueiredo, foi eleito indiretamente para o governo do Paraná.

Em sua primeira gestão como governador, adotou um programa de industrialização para o Paraná. Ele também construiu a Estrada do Café, que serviu para escoar a produção agrícola e ligar Curitiba a cidades do interior.

Seu último cargo público foi o de presidente do Conselho de Administração da Copel (Companhia de Energia do Paraná), do qual se afastou em julho, por motivos de saúde.

Ney Braga morreu em 16 de outubro de 2000, em Curitiba, aos 83 anos. Ele foi vítima de câncer ósseo. Braga estava internado no Hospital Santa Cruz desde 3 de outubro.

O corpo foi velado no Palácio do Iguaçu, sede do governo estadual, e enterrado no cemitério municipal de Curitiba com honras de chefe de Estado.

(Fonte: Zero Hora – ANO 49 – N° 17.270 – 15 de fevereiro de 2007 – HÁ 30 ANOS EM ZH / 15 de fevereiro de 1977 – Pág; 55)
(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1710200011 – PERSONALIDADE – DA AGÊNCIA FOLHA, EM CURITIBA – DO BANCO DE DADOS – BRASIL – 17 de outubro de 2000)

Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados.

Powered by Rock Convert
Share.