Foi a primeira mulher a liderar o Partido Comunista na América

0
Powered by Rock Convert

Foi a primeira mulher a liderar o Partido Comunista na América

 

Elizabeth Gurley Flynn (7 de agosto de 1890 – 5 de setembro de 1964), ativista política, líder sindical e feminista estadunidense nascida em Concord, New Hampshire, a primeira mulher a liderar o Partido Comunista na América. Aos dez anos mudou-se com a família para New York onde foi educada na escola pública. De uma família de socialistas, aos 16 anos ela deu sua primeira palestra, What Socialism Will Do for Women, no Harlem Socialist Club.

 

Como resultado de atividade política ela foi expulsa da high school. No ano seguinte passou a se dedicar exclusivamente a organizar a Industrial Workers of the World – IWW, liderar greves e organizar trabalhadores. Em poucos anos ela tornou-se líder de movimentos trabalhistas na Pennsylvania, New Jersey, New York, Minnesota e Massachusetts. Apesar de inúmeras prisões nunca conseguiram enquadrá-la como executora de atividades criminosas. Fundou a American Civil Liberties Union, e defendeu incansavelmente os direitos femininos.

 

Powered by Rock Convert

 

Juntou-se (1936) ao Communist Party e passou a escrever uma coluna feminista no jornal do partido, The Daily Worker. Dois anos depois ela foi eleita para o National Committee. Membro do Comitê Internacional durante a segunda guerra mundial, continuou defendendo os direitos profissionais para as mulheres e foi eleita (1942) para o Congress como representante de New York, com mais de 50000 votos. Presa (1951) foi liberada nove meses após obrigada a prestar serviços por dois anos, na penitenciária feminina de Alderson, West Virginia.

 

Publicou The Alderson Story: My Life as a Political Prisoner (1955) sobre suas experiências nas prisões e novamente foi presa (1956), desta vez só libertada no ano seguinte. Tornou-se presidenta do partido comunista americano (1961), cargo que exerceu até sua morte, ocorrida durante uma de suas visitas à União Soviética, um mês após completar 74 anos e foi enterrada no Waldheim Cemetery. Apesar de sua biografia e consequentemente as extremas dificuldades contra as quais teve que lutar, ainda hoje o comando feminino nos partidos de esquerda é muito raro, imagine no início do século XX.

 

(Fonte: http://biografias.netsaber.com.br/biografia- BIOGRAFIA)

Powered by Rock Convert
Share.