Ele pedia: “Só me deixa respirar, está doendo, está doendo, me deixa respirar.” Relato a GZH de testemunha que filmou a agressão que levou à morte de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, no supermercado Carrefour, na noite de 19 de novembro, em Porto Alegre

0
Powered by Rock Convert

Ele pedia: “Só me deixa respirar, está doendo, está doendo, me deixa respirar.” 

Relato a GZH de testemunha que filmou a agressão que levou à morte de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, no supermercado Carrefour, na noite de 19 de novembro, em Porto Alegre

(Fonte: Zero Hora – ANO 57 – N° 19.868 – 21 E 22 NOVEMBRO 2020 – FRASES DA SEMANA – Pág: 9)

Share.