“Covarde, realmente covarde, é apenas quem teme as próprias lembranças.” ELIAS CANETTI (1905-1994), escritor e ensaísta, foi laureado com o Prêmio Nobel de Literatura em 1981

0
Powered by Rock Convert

“Covarde, realmente covarde, é apenas quem teme as próprias lembranças.” 

ELIAS CANETTI (1905-1994), escritor e ensaísta, foi laureado com o Prêmio Nobel de Literatura em 1981.

(Fonte: Zero Hora – ANO 55 – N° 19.117 – 18 de JUNHO de 2018 – JÁ FOI DITO – Pág: 36)

Share.