“A beleza, ao contrário da feiura, não pode se explicar: ela se diz, se afirma, se repete em cada parte do corpo, mas não se descreve.” Roland Barthes (1915-1980), crítico e ensaísta francês.

0
Powered by Rock Convert

“A beleza, ao contrário da feiura, não pode se explicar: ela se diz, se afirma, se repete em cada parte do corpo, mas não se descreve.”

Roland Barthes (1915-1980), crítico e ensaísta francês.

(Fonte: Revista Caras, 31 de outubro de 2014 – Ano 21 – Nº 44 – Edição 1095 – Citações)

Share.